Geral

Brasil coloca três velocistas na final e garante as duas primeiras medalhas no atletismo em Londres

O Brasil terá uma grande chance de dominar o pódio dos 200 m T11 no atletismo nos Jogos Paraolímpicos de Londres nesta tarde. Com quatro atletas na final, Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos conseguiram vaga e, assim, já garantiram ao menos duas medalhas para o Brasil. Terezinha, que na primeira eliminatória, no sábado, […]

Arquivo Publicado em 02/09/2012, às 10h39

None

O Brasil terá uma grande chance de dominar o pódio dos 200 m T11 no atletismo nos Jogos Paraolímpicos de Londres nesta tarde. Com quatro atletas na final, Terezinha Guilhermina, Jerusa Santos e Jhulia Santos conseguiram vaga e, assim, já garantiram ao menos duas medalhas para o Brasil.


Terezinha, que na primeira eliminatória, no sábado, estabeleceu o recorde paraolímpico com 24s89, foi três centésimos mais lenta na semifinal. Ainda assim, fez o melhor tempo entre as oito competidoras na manhã de domingo e é a favorita à medalha de ouro.

Tanto nas eliminatórias quanto na semifinal, Terezinha foi a única a correr com tempo abaixo de 26s. Quem ameaça o domínio brasileiro no pódio é a chinesa Juntingxian Jia, que fez o segundo melhor tempo na semifinal, com 26s25.

Jerusa e Jhulia fizeram tempos muito próximos, 26s64 e 26s70, respectivamente. O quarto tempo entre as classificadas para a final representou a melhor marca da carreira para Jhulia.

Com cinco medalhas na natação e quatro no judô até o momento, as duas medalhas serão as primeiras para o Brasil no atletismo nas Paraolimpíadas de Londres.  A disputa do ouro está prevista para 15h24 (horário de Brasília) no Estádio Olímpico.

Jornal Midiamax