Geral

Brasil bate ‘surpresa’ Colômbia e reencontra Espanha em final

O Brasil sofreu para impor seu favoritismo, mas conseguiu superar a Colômbia por 3 a 1 nesta sexta-feira e confirmou presença na final da Copa do Mundo de Futsal na Tailândia. Após um primeiro tempo nervoso, os comandados de Marcos Sorato marcaram duas vezes na etapa final e vão enfrentar a arquirrival Espanha na grande […]

Arquivo Publicado em 16/11/2012, às 15h01

None
246436557.jpg

O Brasil sofreu para impor seu favoritismo, mas conseguiu superar a Colômbia por 3 a 1 nesta sexta-feira e confirmou presença na final da Copa do Mundo de Futsal na Tailândia. Após um primeiro tempo nervoso, os comandados de Marcos Sorato marcaram duas vezes na etapa final e vão enfrentar a arquirrival Espanha na grande decisão.


O ala canhoto Gabriel marcou os dois primeiros gols da Seleção, enquanto o terceiro saiu com desvio do colombiano Jhonathan Toro contra a própria meta. Toro, aliás, também fez o gol a favor da grande surpresa da competição. No lado brasileiro, o astro Falcão novamente começou no banco, entrou na segunda etapa e jogou bem, mas não foi decisivo como nas quartas de final contra a Argentina.


Na final marcada para este domingo, a Seleção terá pela frente a velha conhecida Espanha, que eliminou a Itália na outra semifinal por 4 a 1. Brasileiros e espanhóis já fizeram três finais de Mundial, com dois títulos sul-americanos e um europeu.


O Brasil saiu na frente logo aos 41s de bola rolando, após jogada de escanteio que acabou com chute de Gabriel nas redes. A Colômbia, porém, não se abateu e equilibrou o jogo, mostrando muita qualidade para rodar a bola, principalmente com os habilidosos Camilo e Angellott. A Seleção marcava bem e criava chances, mas errava os passes decisivos.


Com 18min, um típico contra-ataque colombiano acabou com finalização de Toro no fundo do gol de Tiago. O primeiro tempo terminou empatado e com atuação apenas regular do Brasil, mas o time melhorou após o intervalo.


Com Falcão em quadra, a equipe nacional contou também com a sorte para marcar duas vezes: aos 7min, um passe de Simi foi mal cortado pela defesa e sobrou limpo para Gabriel chutar com violência e fazer 2 a 1. E no minuto seguinte, após tentativa de passe de Gabriel na área, Toro desviou de cabeça e pegou o goleiro Lozano no contrapé, esfriando o time colombiano e garantindo a vitória.

Jornal Midiamax