Geral

Botafogo se recupera contra Figueirense e vence 1ª com Seedorf

Após duas derrotas (para Grêmio e Vasco), o holandês Seedorf comemorou neste sábado sua primeira vitória como jogador do Botafogo. O time carioca bateu o Figueirense por 1 a 0. O gol foi marcado pelo meio-campista Andrezinho. Apesar de magra, a vitória obtida no Engenhão interrompeu uma série negativa de quatro jogos do Botafogo, que […]

Arquivo Publicado em 29/07/2012, às 00h33

None

Após duas derrotas (para Grêmio e Vasco), o holandês Seedorf comemorou neste sábado sua primeira vitória como jogador do Botafogo. O time carioca bateu o Figueirense por 1 a 0. O gol foi marcado pelo meio-campista Andrezinho.

Apesar de magra, a vitória obtida no Engenhão interrompeu uma série negativa de quatro jogos do Botafogo, que foi a 20 pontos e voltou a flertar com o G-4. O Figueirense, por sua vez, permaneceu na lanterna da tabela com apenas oito.

Na próxima rodada, os cariocas visitarão, no sábado, o Atlético-GO. No mesmo dia, o Figueirense, do treinador Hélio dos Anjos, medirá forças com a Portuguesa na capital paulista. Na quarta-feira, porém, o Botafogo estreia pela Copa Sul-americana contra o Palmeiras.

O jogo

O mando de campo era do Botafogo, mas quem se sentiu em casa no começo do jogo foi o Figueirense. Aos 4min, Aloísio disparou pela direita e chutou forte. Jefferson defendeu. Assim como aos 11min, quando o mesmo atacante do time catarinense deixou Fábio Fereira para trás e ficou com o gol aberto. O arqueiro se agigantou e salvou os cariocas mais uma vez.

Os sustos iniciais acordaram o Botafogo. Aos 16min, o holandês Seedorf cobrou falta com perfeição e a bola passou rente à trave. E, aos 42min, Elkeson recebeu, fintou Anderson Conceição e bateu cruzado. O chute rasteiro acertou a trave e se aninhou na mão do goleiro Ricardo. A equipe anfitriã ficou no quase no primeiro tempo.

Para a etapa complementar, o técnico Oswaldo Oliveira colocou Vitor Júnior no lugar de Rafael Marques, que vinha desempenhando o papel de referência na área, e retomou o esquema com apenas Elkeson na frente. Mesmo assim, o setor ofensivo continuou produzindo pouco. A torcida chegou a cantar, inclusive, o nome do uruguaio Loco Abreu, que se transferiu para o próprio Figueirense há quase um mês.

No entanto, apesar das limitações, o Botafogo abriu o placar. Aos 14min, Andrezinho carregou e bateu fraco. O chute despretensioso desviou em Anderson Conceição e enganou o goleiro Ricardo.

A inauguração do placar animou os botafoguenses. Com um meio de campo congestionado de peças, o time da casa passou a tocar bem a bola e a controlar o ritmo do jogo. Encurralados, os visitantes não conseguiram esboçar uma reação e viraram presas fáceis. Mas, aos 45min, o torcedor carioca sofreu mais um susto. Aloísio disparou e, de frente para o gol, carimbou Jefferson.

Jornal Midiamax