Geral

Bebê de nove meses morre no Aeroporto Internacional de Campo Grande

Funcionários denunciam a falta de pronto atendimento de urgência no Aeroporto

Arquivo Publicado em 16/06/2012, às 13h25

None
2105012874.jpg

Funcionários denunciam a falta de pronto atendimento de urgência no Aeroporto

Um bebê de nove meses morreu na madruga deste sábado no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a viatura foi acionada por volta das 02h13 e chegou ao local às 02h24, mas o bebê já havia falecido, possivelmente por uma parada cardíaca. A família é  de Terenos, distante 27 quilômetros de Campo Grande, e estava embarcando para São Paulo, onde a criança passaria por um transplante de rim. O corpo foi encaminhado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal), para confirmar a causa do óbito.


Ao chegar no local, os bombeiros encontraram o bebê no colo de um amigo da mãe, pois esta estava muito abalada, e constataram sinais clínicos de morte como pele bastante azulada. O bebê foi retirado do saguão e colocado na viatura até a chegada do Samu, uma vez que apenas médicos podem atestar óbito. Em seguida, o corpo foi encaminhado para o Imol, para descobrir a causa da morte.


O corpo da criança será velado na Capela Municipal de Terenos.


Funcionários denunciam falta de atendimento de urgência em Aeroporto


Funcionários informaram que essa não é a primeira vez que pessoas passam mal no aeroporto e ficam reféns da falta de atendimento de urgência no local. O atendente de uma farmácia do aeroporto, Pedro Renato Cardoso Lima, declarou que é triste ver como as autoridades deixam acontecer uma situação como essa.


“Precisamos cobrar nossas autoridades, pois isso não poderia estar acontecendo em um aeroporto internacional, de não ter um pronto atendimento com urgência e uma mãe perder um filho por causa disso”, afirmou.


Atualizada às 11:36 para acréscimo de informações

Jornal Midiamax