Geral

Barbosa diz que novas denúncias de Valério devem ser investigadas

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou nesta terça-feira que as novas declarações do empresário Marcos Valério dadas à Procuradoria-Geral da República (PGR), divulgadas em reportagem desta terça-feira do jornal O Estado de S.Paulo, devem ser investigadas, mas qualquer fato novo não irá interferir na ação penal do chamado mensalão, em fase […]

Arquivo Publicado em 11/12/2012, às 17h11

None

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, afirmou nesta terça-feira que as novas declarações do empresário Marcos Valério dadas à Procuradoria-Geral da República (PGR), divulgadas em reportagem desta terça-feira do jornal O Estado de S.Paulo, devem ser investigadas, mas qualquer fato novo não irá interferir na ação penal do chamado mensalão, em fase final de julgamento na corte. Barbosa, entretanto, não quis fazer juízo de valor sobre as afirmações do empresário – e não confirmadas oficialmente pelo órgão.



“Deveriam, sim”, disse ele à Reuters, por telefone, ao ser perguntado se novas denúncias precisam ser investigadas.



Segundo a reportagem, Valério disse à PGR que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria dado o aval para os empréstimos tomados pelo PT no Banco Rural, dentro do valerioduto, esquema operado por Marcos Valério e que alimentou o mensalão. Lula também teria tido gastos pessoais pagos com os recursos.



A assessoria do ex-presidente Lula afirmou que ele não vai comentar as afirmações atribuídas a Valério. Lula está em Paris, onde participa de evento ao lado da presidente Dilma Rousseff.


Jornal Midiamax