Geral

Balão da Operação Lei Seca volta a voar em Copacabana

O balão de ar quente símbolo da Operação Lei Seca , que foi sucesso no réveillon do ano passado, volta amanhã (26) à Praia de Copacabana, na zona sul da cidade, onde será montado na areia, na altura da Avenida Princesa Isabel, no sentido Leme. O objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade de […]

Arquivo Publicado em 25/12/2012, às 19h37

None

O balão de ar quente símbolo da Operação Lei Seca , que foi sucesso no réveillon do ano passado, volta amanhã (26) à Praia de Copacabana, na zona sul da cidade, onde será montado na areia, na altura da Avenida Princesa Isabel, no sentido Leme. O objetivo é conscientizar a população sobre a necessidade de uma direção responsável e de não ingerir bebida alcoólica antes de dirigir no trânsito.

O balão funcionará diariamente, das 19h30 à 1h30, podendo transportar, além do piloto, dois ou três passageiros por voo, dependendo do peso. O coordenador da operação, major Marco Andrade, explicou que a intenção é fazer as pessoas entenderem a importância do trabalho, que objetiva salvar vidas. “A ideia é que as pessoas lembrem, por estarem dentro do balão, da nossa campanha e da ideia de colaborar.”

Quem quiser participar do passeio deve apresentar um documento oficial com foto e passar por detectores de metal e pelo teste de etilômetro, que determina a concentração de bebida alcoólica em uma pessoa, analisando o ar exalado dos pulmões. Crianças menores de 5 anos não podem participar.

Com duração de 3 minutos, em média, o voo é gratuito e por um piloto credenciado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). No ano passado, cerca de 700 pessoas participaram da iniciativa, que será interrompida no próximo dia 31, às 23h30, por causa da queima de fogos da virada do ano, e retomada na madrugada de 1º de janeiro.

Também na Lagoa Rodrigo de Freitas, serão colocadas oito boias náuticas com iluminação interna e com o slogan da operação em diferentes pontos, de modo a amar a atenção das pessoas para a campanha. As boias permanecerão no espelho d’água até o dia 1º de janeiro.

Todo o efetivo da Operação Lei Seca está mobilizado em ações de fiscalização durante as festas de fim de ano. São, ao todo, 250 agentes, divididos em 14 equipes, responsáveis por 140 operações no período, distribuídas na capital e na região metropolitana. “Queremos que as pessoas se divirtam, mas voltem para casa em segurança”, destacou Andrade.

A operação é uma campanha de educação e fiscalização lançada pela Secretaria de Estado de Governo do Rio de Janeiro em março de 2009 e tem caráter permanente. Até a madrugada de hoje foram abordados 992.428 motoristas, dos quais 190.169 foram multados, 40.258 tiveram o veículo rebocado e 81.373, as carteiras de habilitação apreendidas. Os agentes fizeram 866.309 testes com o etilômetro, que resultaram na aplicação de sanções administrativas a 6.338 condutores e sanções criminais a outros 2.404 motoristas.

Jornal Midiamax