Geral

Bahia vence de virada, derruba invencibilidade do Santos e aumenta pressão sobre Ganso

Após dominar o jogo no primeiro tempo e abrir o marcador, o Santos sofreu a virada na etapa final e perdeu para o Bahia por 3 a 1 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os baianos quebraram a invencibilidade santista de seis jogos na competição. Além disso, o resultado aumentou […]

Arquivo Publicado em 29/08/2012, às 23h56

None

Após dominar o jogo no primeiro tempo e abrir o marcador, o Santos sofreu a virada na etapa final e perdeu para o Bahia por 3 a 1 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os baianos quebraram a invencibilidade santista de seis jogos na competição. Além disso, o resultado aumentou a pressão sobre o meia Paulo Henrique Ganso, que é pretendido pelo rival São Paulo.


Após a virada do Bahia, torcedores santistas começaram a vaiar o camisa 10. Alguns deles mostravam dinheiro das arquibancadas e xingavam o jogador. Antes do jogo começar, a torcida trocou os gritos de protesto por desprezo. Durante a tradicional escalação dos torcedores, Ganso não teve seu nome gritado.


O Santos teve a chance de “matar” o jogo no primeiro tempo. O técnico Muricy Ramalho manteve a postura ofensiva na Vila Belmiro e, por conta disso, o time dominou o Bahia na etapa inicial. O treinador escalou a equipe com três atacantes: Neymar, Patito e André.


Os dois primeiros atuavam pelas beiradas do campo e trocavam de posição – ponta direita e esquerda. Já André manteve seu posicionamento centralizado dentro da área. O camisa 9, inclusive, aproveitou um dos lances de Neymar pela direita, e marcou de cabeça o gol santista, após excelente cruzamento do craque santista.


O trio ofensivo do Santos ainda contava com a armação das jogadas de Paulo Henrique Ganso e os apoios constantes do lateral direito Bruno Peres e do volante Arouca.


Sendo assim, o Santos encurralou o Bahia no campo de defesa na etapa incial. Além do gol de André, a equipe santista teve mais cinco chances claras de gol. Neymar, André e até o marcador Adriano quase marcaram na etapa inicial. Além deles, Ganso perdeu um gol incrível. Após bela jogada individual de Patito, que driblou dois marcadores, o meia recebeu dentro da área, sem marcação, e finalizou para fora.


No primeiro tempo, o Bahia só assustou o goleiro Rafael com um chute forte de Hélder de fora da área, que bateu no travessão. Entretanto, o “quadro do jogo” mudou na etapa final. Logo no início da segunda etapa, Souza teve uma grande oportunidade de empatar o jogo, mas conseguiu chutar para fora, mesmo sem marcação dentro da área.


Porém, não demorou muito para o Bahia empatar. Souza recebeu dentro da área e chutou de perna direita no canto direito de Rafael para fazer o gol. A virada aconteceu quatro minutos depois. Neto cobrou falta com categoria, e o goleiro santista aceitou, sofrendo o gol.


Para piorar a situação do Santos, Zé Roberto tabelou com Souza, que ajeitou a bola para o meia Gabriel. Ele chutou colocado de fora área e marcou o terceiro gol do Bahia. O Santos não conseguiu sequer diminuir o placar e perdeu o jogo de virada.


Jornal Midiamax