Geral

Azambuja defende a realização imediata dos debates na televisão

Ao ser informado de que os debates na televisão irão ocorrer somente a partir de setembro, o candidato a prefeito pela Coligação Novo Tempo (PSDB, PPS, PTN, PHS e PMN), Reinaldo Azambuja, defendeu a realização imediata desses encontros com os adversários como forma de a população conhecer melhor as propostas de todos os concorrentes. “Campo […]

Arquivo Publicado em 25/07/2012, às 20h32

None

Ao ser informado de que os debates na televisão irão ocorrer somente a partir de setembro, o candidato a prefeito pela Coligação Novo Tempo (PSDB, PPS, PTN, PHS e PMN), Reinaldo Azambuja, defendeu a realização imediata desses encontros com os adversários como forma de a população conhecer melhor as propostas de todos os concorrentes. “Campo Grande possui problemas que precisam ser debatidos e colocados na pauta de todos os candidatos, para que estes expliquem, de forma clara, como irão se comportar diante dessas questões”, argumentou Reinaldo.

De acordo com ele, quanto maior o número de debates realizados até o dia da eleição, melhor para a população. “Temos adversário cujo partido está há quase 20 anos à frente da administração da prefeitura e que não conseguiu solucionar problemas que há décadas afligem a população”, disse Reinaldo, ao citar como exemplo a ineficiência do transporte coletivo, a má-gestão na área da Saúde e o abandono a que foram relegados diversos bairros de Campo Grande.

Reinaldo Azambuja defendeu ainda a realização dos debates para que os eleitores conheçam os candidatos antes mesmo do início da veiculação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. “Por conta da legislação eleitoral, nosso tempo nesses veículos é menor do que o dos nossos adversários. Os debates deixam a disputa mais equilibrada e ajudam a população a melhor avaliar todos os candidatos”, ressaltou.

Em municípios como Recife (PE), Joinville (SC) e Petrópolis (RJ), dentre outros, os primeiros debates já foram realizados. Já no dia 30 de julho serão realizados em João Pessoa (PB) e Ribeirão Preto (SP), dentre outras cidades.

“É evidente que algumas emissoras de TV realizarão os debates apenas quando forem liberadas pelas redes às quais estão subordinadas. No entanto, algumas delas foram liberadas para realizarem esses encontros quando melhor lhes convier”, disse Reinaldo, para quem “a antecipação dos debates se constitui na prestação de um serviço de grande relevância à sociedade”.

Jornal Midiamax