Geral

Avaliado em R$ 315 mi, Santos vale o dobro do Corinthians

Santos usa "fator Neymar" e vale o dobro do Corinthians, diz consultoria

Arquivo Publicado em 26/01/2012, às 23h40

None
1739977703.jpg

Santos usa “fator Neymar” e vale o dobro do Corinthians, diz consultoria

Um estudo realizado pela Pluri Consultoria colocou o Santos com o valor do seu elenco estimado em quase duas vezes o que vale o do Corinthians, atual campeão brasileiro, e três vezes maior do que o do Palmeiras. O ranking da empresa afirma que a equipe da Vila Belmiro, se tivesse todos seus jogadores vendidos, arrecadaria R$ 315,1 milhões, enquanto que o do Parque São Jorge teria R$ 165,8 milhões, e o do Palestra Itália, R$ 101,9 milhões. O São Paulo, por sua vez, tem o valor de R$ 219,2 milhões.


A liderança absoluta do Santos no país é reflexo da supervalorização de Neymar, que vale, segundo a consultoria, R$ 134 milhões, o que equivale a quase metade da equipe. Paulo Henrique Ganso vale R$ 53,7 milhões. Lucas e Casemiro, valem, respectivamente, R$ 48,8 milhões e R$ 29,3 milhões, e ajudam o São Paulo a ficar encostado na equipe da Vila Belmiro.


O relatório feito pela companhia diz que a estimativa considera apenas valor de mercado dos jogadores e não considera o “a marca, qualquer outro tipo de ativo físico tangível, intangível ou direitos a receber de qualquer natureza”.


Ou seja, os títulos acumulados ao longo da história não importam, assim como as propriedades em nome da agremiação, como estádio, sede social e clube de campo, por exemplo.


Seguindo essa linha, a Pluri Consultoria afirma que o Campeonato Paulista é o mais valioso do país. Somando os 20 times do Estado, o valor alcançado seria de mais de R$ 1 bilhão.


O Campeonato Estadual do Rio de Janeiro, que fica em segundo no ranking, tem a estimativa de que vale R$ 683,1 milhões, sendo que o Fluminense, o time mais caro, tem o montante de R$ 68,2 milhões. Vasco, com R$ 67,1 milhões, Flamengo, com R$ 56,2 milhões, e Botafogo, com R$ 48 milhões, completam os quatro melhores do ranking.


O Internacional encabeça o ranking no Rio Grande do Sul, com o valor estimado em R$ 81,3 milhões, muito ajudado por Leandro Damião, que vale cerca de R$ 56 milhões. O Grêmio é o vice-líder, valendo R$ 63 milhões. Ou seja, só o atacante da equipe do Beira-Rio compra quase a equipe arquirrival inteira.


Em Minas Gerais, o Cruzeiro vale R$ 46,5 milhões fica à frente do Atletico-MG por R$ 500 mil. Ambos foram muito mal no Brasileirão do ano passado, lutaram para não cair, e tiveram uma desvalorização considerável.

Jornal Midiamax