Geral

Autores de trote em enfermeira da realeza recebem ameaça de morte

A polícia de Sydney, na Austrália, está investigando algumas ameaças de morte recebidas pelos DJs da estação de rádio 2Day FM, Mel Greig e Michael Christian, que pregaram um trote em uma enfermeira, que acabou cometendo suicídio, para tentar descobrir o estado de saúde mulher do príncipe William, Kate, quando estava sob tratamento após passar […]

Arquivo Publicado em 14/12/2012, às 10h11

None

A polícia de Sydney, na Austrália, está investigando algumas ameaças de morte recebidas pelos DJs da estação de rádio 2Day FM, Mel Greig e Michael Christian, que pregaram um trote em uma enfermeira, que acabou cometendo suicídio, para tentar descobrir o estado de saúde mulher do príncipe William, Kate, quando estava sob tratamento após passar mal na gravidez, de acordo com informações do jornal The Guardian.


Um porta-voz da polícia afirmou que eles obtiveram uma carta contendo um “número de ameaças”, que, no entanto, não foram especificadas. Ela estava endereçada a Michael Christian. O porta-voz acrescentou que detetives estavam investigando o incidente e tentando descobrir o remetente da carta.


A mídia local reportou que funcionários e membros da gerência da rádio foram movidos para lugares seguros e estão recebendo segurança 24 horas. Nesta quinta-feira, o órgão regulador da mídia da Austrália abriu uma investigação sobre um trote.


A enfermeira Jacintha Saldanha, 46 anos, foi encontrada enforcada, informou a polícia aos legistas, em Londres, dias depois de ter recebido o telefonema e passar a ligação para uma colega, que divulgou detalhes do tratamento que estava sendo dado à Kate, que sofria de enjoos matinais agudos.

Jornal Midiamax