Geral

Ascendente, Corinthians desafia ambição do Cruzeiro de entrar no G-4

Ainda na tentativa de esquecer o título da Libertadores e nem pensar na disputa do Mundial, no próximo mês de dezembro, o Corinthians está invicto há quatro partidas do Campeonato Brasileiro e terá pela frente o Cruzeiro, um adversário que pode entrar no G-4 em caso de vitória. O duelo, válido pela 12ª rodada da […]

Arquivo Publicado em 25/07/2012, às 17h55

None

Ainda na tentativa de esquecer o título da Libertadores e nem pensar na disputa do Mundial, no próximo mês de dezembro, o Corinthians está invicto há quatro partidas do Campeonato Brasileiro e terá pela frente o Cruzeiro, um adversário que pode entrar no G-4 em caso de vitória. O duelo, válido pela 12ª rodada da competição, ocorre nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), no estádio do Pacaembu.


Enquanto o Timão poderá ter a estreia do atacante peruano Paolo Guerrero, um dos principais reforços após a conquista continental, terá a oportunidade de ver, do outro lado, vestindo a 10 do Cruzeiro, o argentino Montillo, que viveu uma verdadeira novela em relação à transferência para o Corinthians no início do ano. Apesar de manifestar publicamente o desejo de jogar no time paulista, não foi atendido pelos mineiros e segue como principal jogador da Raposa.


Nessas quatro partidas de invencibilidade, o time do técnico Tite acumulou vitórias sobre Náutico e Flamengo e empates contra Sport e Portuguesa – essa, no último sábado, por 1 a 1. E justamente o meio-campista Douglas, autor do gol corintiano no empate contra a Lusa, levou o terceiro cartão amarelo e não poderá entrar em campo diante do Cruzeiro. O outro desfalque é o lateral direito Welder, com dores musculares.


Em contrapartida, Tite ganhará os reforços de Alessandro e Danilo, que haviam sido vetados pelo departamento físico na última rodada, além de Jorge Henrique, com dores musculares desde o segundo jogo da final da Libertadores, há 20 dias. Com o atacante de volta ao time titular, o comandante deve lançar novamente a formação com três atacantes, na verdade um 4-2-3-1, como definiu Tite.


No Pacaembu, os gaúchos Tite e Celso Roth se encontrarão e antes de a bola rolar, o comandante do Timão já enche de elogios o da Raposa: “Ele está montando e recuperando o Cruzeiro dentro da competição e isso é muito difícil. Com jogadores como Tinga, Ceará, Willian Magrão é que ele estruturou uma equipe, com organização e competitividade”.


Já o Cruzeiro, Vindo de duas vitórias seguidas no Brasileiro, terá dificuldades para somar o terceiro triunfo em sequência. Essa é a expectativa do armador Montillo, que sabe que o duelo da Raposa contra o Corinthians será difícil para o time celeste. Apesar de projetar confronto complicado, o meia cruzeirense afirma que é um clássico nacional, e que o time mineiro tem condições de vencer.


“No Campeonato Brasileiro, todos os jogos são sempre difíceis, ainda mais contra o Corinthians, que tem uma confiança extra por ter vencido a Libertadores. É um jogo clássico, entre dois times grandes que vão procurar a vitória. Mas vamos em busca da vitória e tomara que possamos fazer um bom jogo e trazer os três pontos para Belo Horizonte”, declarou o argentino.


Para duelar contra o Timão, o técnico Celso Roth poderá contar com um time reforçado. Isso porque Diego Renan cumpriu suspensão na vitória sobre o Flamengo e volta ao time na lateral esquerda. Além dele, o volante Tinga e o meia Souza, que não atuaram na rodada passada estão recuperado de lesão e à disposição do treinador celeste.


Apesar da volta de alguns jogadores importantes, o Cruzeiro também tem problemas. O volante Charles recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Flamengo e terá que cumprir suspensão. O atacante Borges sente dores no joelho esquerdo, mas está com a delegação celeste, porém, ainda é dúvida para o jogo.


FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS x CRUZEIRO


Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Data: 25 de julho de 2012, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Nadine Schram Camara Bastos e Kleber Lúcio Gil (ambos de SC)


CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho e Danilo; Jorge Henrique, Romarinho e Emerson
Técnico: Tite


CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Mateus (Rafael Donato), Léo e Diego Renan; Leandro Guerreiro, William Magrão, Tinga e Montillo; Borges (Anselmo Ramon) e Wellington Paulista
Técnico: Celso Roth



Jornal Midiamax