Geral

Armas e munições desaparecem de Promotoria em Pedro Juan Caballero

O fato foi denunciado pelo promotor de Justiça Justiniano Cardozo na 2ª Comissaria de Pedro Juan Caballero e foi caracterizado como crime contra a propriedade (furto especialmente grave). Na ocorrência policial, o promotor dá conta de que na manhã de sexta-feira (14), no interior da 2ª secretaria da Unidade Penal Nº 1, da Região VI […]

Arquivo Publicado em 17/09/2012, às 10h56

None
980015448.bmp

O fato foi denunciado pelo promotor de Justiça Justiniano Cardozo na 2ª Comissaria de Pedro Juan Caballero e foi caracterizado como crime contra a propriedade (furto especialmente grave).


Na ocorrência policial, o promotor dá conta de que na manhã de sexta-feira (14), no interior da 2ª secretaria da Unidade Penal Nº 1, da Região VI Amambay, foi contatado o desaparecimento de armas e munições.


Segundo consta, desapareceram uma pistola marca Ruger calibre 40, preta e prateada, série 3315817 de fabricação americana, um carregador contendo 17 projéteis do mesmo calibre; uma pistola marca Glock, calibre 22, série STR622, de fabricação austríaca, com um carregador contendo 28 projéteis do mesmo calibre e 28 cartuchos calibre ponto 40, marca Águila, que se encontravam no interior de uma bolsa de polietileno.


As armas e munições, entretanto, foram encontradas num hotel na Ruta V, em poder de Osvaldo Gómez Paredes, Milciades Pedra Gómez e o menor I.P.G., de 17 anos. O fato foi comunicado aos agentes da Divisão de Criminalística e Investigações de Delitos, a fim de esclarecer como as armas e munições desapareceram do armário da secretaria que estava sob a responsabilidade da promotora assistente Maria Mirtha Martínez.


O promotor que registrou os fatos disse que os servidores daquela unidade já foram afastados de suas funções e responderão a um processo administrativo.


O mais estranho, no entanto, é o fato de que os três homens presos com as armas foram liberados horas depois, através de um pedido de medidas substitutivas apresentado pelo promotor Justiniano Cardozo, sendo que os detidos são apontados como suspeitos de participarem de uma tentativa de homicídio, ocorrida recentemente, em Pedro Juan Caballero.

Jornal Midiamax