Geral

Argentina introduz sistema de controle por impressão digital na entrada de estádios

O governo da Argentina informou nesta segunda-feira que o país passa a ter um sistema de controle e identificação dos torcedores na entrada dos estádios de futebol por meio de leitores de impressão digital. O objetivo é impedir o acesso de torcedores já identificados como indivíduos violentos e que já se envolveram em episódios de […]

Arquivo Publicado em 30/07/2012, às 23h12

None

O governo da Argentina informou nesta segunda-feira que o país passa a ter um sistema de controle e identificação dos torcedores na entrada dos estádios de futebol por meio de leitores de impressão digital.


O objetivo é impedir o acesso de torcedores já identificados como indivíduos violentos e que já se envolveram em episódios de violência entre torcedores de futebol. Inicialmente, cem leitores de impressões digitais serão instalados em estádios e um sistema de computador irá cruzar os dados dos arquivos policiais com as informações colhidas nos portões de entrada das principais arenas do país, explicou o ministro do Interior argentino, Florencio Randazzo.


O sistema foi testado em uma cerimônia na sede do Executivo Federal, em Buenos Aires, e não foi exatamente um sucesso. Em uma simulação, o software negou o acesso ao próprio ministro Randazzo, e não conseguiu ler corretamente as digitais da presidente da Argentina, Cristina Kirchner, provocando risos da plateia.


“Vamos precisar da colaboração ativa de todos os líderes dos diferentes clubes para fornecer os dados daqueles que não devem ter acesso aos estádios”, disse Randazzo. Além de todos os dados fornecidos por clubes e os já constantes no sistema policial, o programa será carregado com dados de pessoas procuradas pela Justiça.


Um total de 264 pessoas já morreram na Argentina devido a causas relacionadas com a violência nos estádios de futebol. Cinco desses casos ocorreram no primeiro semestre deste ano.

Jornal Midiamax