Geral

Após votar, Gilmar Olarte condena atuação dos adversários na campanha

Após exercer o direito de cidadão, o vice do candidato Alcides Bernal (PP), Gilmar Olarte (PP) comentou sobre a atuação dos adversários na campanha e de como será a “festa da vitória”, caso Bernal seja eleito neste domingo (28). Ele votou na Casa da Assistência Social, localizada no antigo prédio da LBA (Legião Brasileira da Assistência). […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 17h22

None
1064091935.jpg

Após exercer o direito de cidadão, o vice do candidato Alcides Bernal (PP), Gilmar Olarte (PP) comentou sobre a atuação dos adversários na campanha e de como será a “festa da vitória”, caso Bernal seja eleito neste domingo (28). Ele votou na Casa da Assistência Social, localizada no antigo prédio da LBA (Legião Brasileira da Assistência).


Em relação às denúncias de compra de votos pelos adversários nestes últimos dias de campanha, Gilmar afirmou que tudo é apenas o “modus operandi” que eles sempre trabalharam.


“Isso não me surpreende, foi assim durante toda a campanha. É o jeito deles de fazerem política”, avaliou. “Esse jogo sujo não deve ficar sem punição. A lei deve ser cumprida e como eles não cumpriram, devem pagar pelas conseqüências”, emendou.


Quanto ao resultado, Gilmar comentou que está com o “coração cheio de alegria” e com a perspectiva de um “novo tempo” para a Capital. A comemoração, caso Bernal se eleja, será no comitê do PP e contará com a presença de todos os aliados.


Sobre as pesquisas que indicam a vitória de Bernal, Gilmar ressaltou que a decisão das pessoas está nas mãos de Deus e que elas estão conscientes de todas as coisas erradas que o “governo que está aí vem fazendo”.

Jornal Midiamax