Geral

Após derrota, Djokovic diz que Nadal é melhor do mundo no saibro

Mesmo após ser derrotado na final de Roland Garros, com parciais de 6/4, 6/3, 2/6 e 7/5, o sérvio Novak Djokovic não economizou nos elogios ao seu adversário Rafael Nadal. Segundo o número 1 do mundo, o espanhol é o melhor jogador no tipo de piso do torneio parisiense. “Rafa é o melhor do mundo […]

Arquivo Publicado em 11/06/2012, às 19h35

None

Mesmo após ser derrotado na final de Roland Garros, com parciais de 6/4, 6/3, 2/6 e 7/5, o sérvio Novak Djokovic não economizou nos elogios ao seu adversário Rafael Nadal. Segundo o número 1 do mundo, o espanhol é o melhor jogador no tipo de piso do torneio parisiense.


“Rafa é o melhor do mundo no saibro como demonstram seus resultados. É muito difícil ganhar dele taticamente. Ele me derrotou em três finais consecutivas na terra batida e isso é algo difícil de encarar”, ressaltou o representante da Sérvia, que já havia sido superado nos Masters 1000 de Monte Carlo e Roma.


Djokovic ainda disse que chegar a final na França já foi um grande feito. “Poderia ter sido eliminado antes neste torneio. Na quarta rodada eu perdi os dois primeiros sets e tive que defender quatro match-points contra (Jo-Wilfried) Tsonga. Mesmo assim, cheguei em minha primeira final e quero aprender a lição para o futuro”, observou.


A decisão entre Rafael Nadal e Novak Djokovic era pra ter sido disputada no último domingo, mas uma forte chuva obrigou os organizadores do torneio a adiar o duelo para esta segunda-feira. Apesar desse contratempo, o sérvio fez questão de frisar que isso não pode ser usado para justificar a derrota. “Podemos dizer que a primeira pausa (quando estava prestes a perder o segundo set) me beneficiou e que a segunda a ele (Nadal). Quando parara o jogo, pensava que poderia levar para o quinto set”, falou. “São coisas que acontecem e a quadra estava muito molhada. Há gente que precisa tomar essas decisões em benefício dos atletas”, completou.



Jornal Midiamax