Geral

Após ameaças e ofensas, Thiaguinho se explica e fala em ‘neutralidade’

Uma das presenças mais marcantes na festa de chegada do Corinthians a São Paulo, após a equipe vencer o Mundial de Clubes, no Japão, Thiaguinho se tornou alvo de ofensas e ameaças nas redes sociais. O cantor puxou, em alguns momentos da comemoração, músicas contra o Palmeiras. Nesta tarde, o artista usou o Twitter para […]

Arquivo Publicado em 18/12/2012, às 20h34

None

Uma das presenças mais marcantes na festa de chegada do Corinthians a São Paulo, após a equipe vencer o Mundial de Clubes, no Japão, Thiaguinho se tornou alvo de ofensas e ameaças nas redes sociais. O cantor puxou, em alguns momentos da comemoração, músicas contra o Palmeiras.



Nesta tarde, o artista usou o Twitter para se explicar. “Tenho meu time de coração, mas tenho fãs de todas as torcidas! Hoje é um dia feliz pra mim porque fui homenageado pelos jogadores do meu time. Com uma música que fiz com meu amigo Rodriguinho (palmeirense, inclusive)… Mostrando como é bom ser amigo e respeitar os valores!”, escreveu Thiaguinho.



“Participei de uma festa onde, claro, a emoção supera a razão, mas EU incitar a violência?!? NUNCA! Basta ver minha conduta em 10 anos. Enfim… Obrigado aos jogadores do Corinthians pela homenagem e vamos torcer em paz, cada um pro seu time. Nunca me envolveria num assunto desse. Só fui a festa porque sou amante do futebol, e do meu time. Vivo de música. Não de futebol. Gravei um DVD no Palestra Itália… Quer mais exemplo de neutralidade… Quem me conhece sabe como sou. Justo. Por isso, me justifico. Abs!!”, continuou o artista.


Jornal Midiamax