Geral

Anderson Silva planeja vencer Chael Sonnen no terceiro round

Pronto para enfrentar Chael Sonnen no próximo dia 7, no UFC 148, em Las Vegas (EUA), Anderson Silva tem treinado com afinco para a décima defesa de cinturão. O atual campeão dos médios quer fazer bonito para não deixar os fãs sofrerem por cinco rounds, como no primeiro encontro com o americano, no UFC 117, […]

Arquivo Publicado em 16/06/2012, às 20h55

None

Pronto para enfrentar Chael Sonnen no próximo dia 7, no UFC 148, em Las Vegas (EUA), Anderson Silva tem treinado com afinco para a décima defesa de cinturão. O atual campeão dos médios quer fazer bonito para não deixar os fãs sofrerem por cinco rounds, como no primeiro encontro com o americano, no UFC 117, em agosto de 2010. Na ocasião, após ser dominado por quatro rounds, o brasileiro finalizou o rival no fim.

“Sei que Sonnen está treinando muito mais do que da primeira vez. O objetivo dele é ficar novamente 25 minutos em cima do Anderson. Mas estamos preparando o campeão para suportar essa pressão. Anderson estará preparado. Sonnen quer trabalhar o wrestling, que é só o que ele tem a oferecer. Ele não tem a mínima condição de trocar com o Anderson Silva”, disse Rogério Camões, preparador físico do atual campeão há seis anos.

Sobre a luta do dia 7 de julho, Camões contou a estratégia que Anderson Silva pretende executar para vencer pela segunda vez o americano. Agora, o brasileiro pretende acabar com o combate bem antes do último round.

“Essa luta vai durar até o terceiro round. Digo isto pela condição que Sonnen vai apresentar e pela estratégia do Anderson. Quanto mais tempo durar, melhor para ele. Ele sempre tem um jeito de terminar com a luta. Quando o combate chegar no terceiro round, Anderson vai partir para cima para acabar com a luta”, disse Rogério Camões.

O preparador físico tem trabalhado o planejamento de treinos junto ao head coach de Anderson Silva, Ramon Lemos, e Angela Côrtez, fisioterapeuta do atleta. Ele acredita que os treinos no Brasil têm feito bem ao atual campeão dos médios.

Lesão e boatos

Os boatos de que Anderson Silva estaria com uma lesão no joelho que o impossibilitaria de se apresentar 100% na luta contra Chael Sonnen acabaram. Rogério Camões descartou a notícia.

“No treino, ele soltou uma joelhada e o sparring que estava com ele defendeu o golpe com o cotovelo. Na verdade, não foi nem no joelho o incômodo. A pancada foi na musculatura em cima do joelho. Foi uma pancada, nada demais. No dia seguinte, já estava treinando sem dor. Foi um acidente de percurso. Como se fosse um tostão mesmo”, explicou Rogério Camões.

Jornal Midiamax