Geral

Agosto registra tempo seco e queimadas acima da média no País

O mês de agosto registrou tempo seco e um número de queimadas acima da média no Brasil devido a forte bloqueio atmosférico que se estabeleceu sobre o País e impediu a formação de áreas de instabilidade e o avanço de frentes frias, segundo a Climatempo. O período registrou escassez de chuvas nas regiões Sul, Sudeste, […]

Arquivo Publicado em 01/09/2012, às 21h08

None

O mês de agosto registrou tempo seco e um número de queimadas acima da média no Brasil devido a forte bloqueio atmosférico que se estabeleceu sobre o País e impediu a formação de áreas de instabilidade e o avanço de frentes frias, segundo a Climatempo. O período registrou escassez de chuvas nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, em áreas do interior do Nordeste e sul da Amazônia, e no Tocantins.

O tempo seco provocou um acentuado número de queimadas. Entre 1º e 31 de agosto, 46.289 focos de incêndio foram registrados pelo programa de Monitoramento de Queimadas por Satélite e Informações Ambientais Associadas do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe). Os Estados do Maranhão, Pará e Mato Grosso foram os mais afetados, segundo o levantamento.

Do início do ano até o dia 31 de agosto, o Brasil totaliza 77.107 focos de queimada, o que representa aumento de 83% em relação ao mesmo período de 2011.

De acordo com a Climatempo, a situação de clima seco e quente no interior do País deve permanecer inalterada nas próximas duas semanas e a tendência é de aumento do número de queimadas até a metade do mês de setembro.

Jornal Midiamax