Geral

Agepan e Sejusp realizam seminário estadual sobre transporte de passageiros

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de MS (Agepan) e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) realizam, em parceria, o Seminário Estadual de Transporte de Passageiros “Viagem Feliz por MS – os eventos internacionais e suas Inter-relações”, que acontece nos dias 5 e 6 de novembro, em Campo Grande. […]

Arquivo Publicado em 28/10/2012, às 13h47

None

A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos de MS (Agepan) e a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) realizam, em parceria, o Seminário Estadual de Transporte de Passageiros “Viagem Feliz por MS – os eventos internacionais e suas Inter-relações”, que acontece nos dias 5 e 6 de novembro, em Campo Grande.


A Agência está desenvolvendo, desde janeiro de 2012, o Programa “Viagem Feliz”, em parceria com empresas de transporte de passageiros, prefeituras e o governo do Estado, por intermédio da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de melhorar a qualidade dos serviços prestados – atendimento, estrutura física, segurança – visando, especialmente, aos eventos internacionais que serão realizados no Brasil a partir de 2013, e que promoverão uma exposição massiva do País em âmbito internacional.


A Agepan tem, entre suas competências, a regulação e a fiscalização do transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. O Programa “Viagem Feliz” atende os destinos turísticos dos municípios de Campo Grande, Corumbá e Bonito e deve continuar pelos próximos dois anos, devendo estender-se para outras regiões do Estado gradativamente.


Além da segurança dos passageiros, policiamento e fiscalização, foram incluídos outros temas complementares para serem abordados durante o evento como, por exemplo, a necessidade de adequação dos terminais rodoviários em diversos municípios do Estado e as formas de obtenção de recursos para esse fim.


Uma das justificativas para a realização do seminário é que Mato Grosso do Sul faz fronteira com outros países e, por esse motivo, as ações de fiscalização para combate às drogas e contrabando devem ser mais intensas abrangendo, inclusive, o transporte coletivo de passageiros.


Assim sendo, faz-se necessária discussão mais abrangente a respeito dos cuidados que devem ser observados na abordagem de viajantes das mais diferentes origens e culturas, a fim de evitar situações que possam causar constrangimentos e deixar uma impressão negativa do País e do Estado.


Para fazer a inscrição no evento é necessário enviar email com o nome da instituição, nome do participante, cargo e forma de contato para: [email protected].

Jornal Midiamax