Geral

Adolescente atira em homem que estava jurado de morte na Vila Nhá Nhá

Jurado de morte, o ex-detento Michael de Toledo França, 20 anos, foi atingido por tiros nas costas, peito e em outras partes do corpo na manhã desta terça-feira (18). A tentativa de homicídio ocorreu na rua Ranulfo Côrrea, Vila Nhá Nhá, em Campo Grande. De acordo com a polícia, a vítima teria roubado uma bicicleta […]

Arquivo Publicado em 18/12/2012, às 18h11

None

Jurado de morte, o ex-detento Michael de Toledo França, 20 anos, foi atingido por tiros nas costas, peito e em outras partes do corpo na manhã desta terça-feira (18). A tentativa de homicídio ocorreu na rua Ranulfo Côrrea, Vila Nhá Nhá, em Campo Grande.


De acordo com a polícia, a vítima teria roubado uma bicicleta pertencente a um adolescente de 16 anos, há cerca de três meses. Na ocasião Michael foi flagrado e bateu no menino, conhecido como Valdeck, que o jurou de morte.


Michael, que já tem passagens por roubo qualificado pelo sequestro, tráfico de drogas, furto e ameaça, entre outros, tinha sumido desde aquela época, porém ele foi visto pelo adolescente no bairro.


Assim que chegou perto de Michael, os investigadores do SIG (Serviço de Investigações Gerais) Piratininga, disseram que Valdeck descarregou um revólver de calibre 38. “O adolescente citou que jogou a arma no córrego da avenida Ernesto Geisel e agora estamos localizando o objeto”, explicou o policial.


Após a confusão, Michael foi levado para a Santa Casa, por volta das 3h10. Segundo a assessoria do hospital, ele passou pelo Centro Cirúrgico e seu estado de saúde é estável.


E logo em seguida os policiais começaram a investigar o crime. Eles então se deslocaram ao bairro Taquarussú, onde o adolescente reside. “Valdeck estava sentado em um sofá na rua, sem jamais imaginar que seria preso em flagrante. Agora ele responderá pela tentativa de homicídio”, conclui o delegado.

Jornal Midiamax