Geral

Acusado de matar vítima a tiros no Aero Rancho é condenado a 14 anos de prisão

Vanderson dos Santos de Araújo, 21 anos, foi condenado a 14 anos de prisão acusado pela morte de Giovani Dias Armindo, de 17 anos, no dia 3 de dezembro de 2009 em Campo Grande. O julgamento aconteceu na última segunda-feira (10), pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. De acordo com a […]

Arquivo Publicado em 12/12/2012, às 21h52

None

Vanderson dos Santos de Araújo, 21 anos, foi condenado a 14 anos de prisão acusado pela morte de Giovani Dias Armindo, de 17 anos, no dia 3 de dezembro de 2009 em Campo Grande.



O julgamento aconteceu na última segunda-feira (10), pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.



De acordo com a denúncia, no dia 03 de dezembro de 2009, no interior da residência localizada na rua Antônio Soares, nº 43, bairro Aero Rancho, Vanderson disparou três tiros de revólver contra Giovani, ocasionando-lhe a morte.



Por maioria dos votos declarados, o Conselho de Sentença, decidiu condenar o acusado no homicídio qualificado pelo motivo fútil e pelo recurso que dificultou a defesa do ofendido.



O juiz titular da vara, Aluizio Pereira dos Santos, compreende que o acusado “agiu com dolo acima do normal, tendo em vista que foi ao local onde a vítima estava, pulou o muro, invadiu a residência e ao adentrar no quarto onde ele estava desferiu-lhe três tiros de revólver, (confesso), acertando 1, inclusive nas costas, na altura do coração fato que demonstrou a sua nítida vontade em querer matar, sendo merecedor de elevada censura”.


Jornal Midiamax