Geral

Ações do Programa Brasil Carinhoso serão ampliadas

A presidenta Dilma Rousseff anuncia nesta quinta-feira (29), em Brasília (DF), as novas medidas de ampliação do Brasil Carinhoso

Arquivo Publicado em 29/11/2012, às 14h45

None

A presidenta Dilma Rousseff anuncia nesta quinta-feira (29), em Brasília (DF), as novas medidas de ampliação do Brasil Carinhoso

O Brasil Carinhoso, que faz parte do Plano Brasil sem Miséria, terá suas ações ampliadas em evento, nesta quinta-feira (29), no Palácio do Planalto. Dentro das novas medidas, será anunciada a ampliação da idade máxima dos beneficiários, antes até os seis anos de idade, para crianças com até dez anos. O evento contará com a presença da presidenta Dilma Rousseff e da ministra do Desenvolvimento, Social e Combate à Fome, Tereza Campello.


O objetivo do Brasil Carinhoso é erradicar a extrema pobreza entre as famílias com filhos pequenos. Com o anúncio das mudanças, terão direito ao benefício da primeira infância as famílias já incluídas no Bolsa Família com crianças de zero até dez anos que continuem em situação de extrema pobreza, ou seja, tenham renda per capita menor ou igual a R$ 70.O Brasil Carinhoso, que faz parte do Plano Brasil sem Miséria, terá suas ações ampliadas em evento, nesta quinta-feira (29), às 11h no Palácio do Planalto. Dentro das novas medidas será anunciada a ampliação da idade máxima dos beneficiários, que era até os seis anos de idade, para crianças com até dez anos. O evento contará com a presença da presidenta Dilma Rousseff e da ministra do Desenvolvimento, Social e Combate à Fome, Tereza Campello.


O valor repassado a cada família será o valor necessário para que sua renda mensal por pessoa supere os R$ 70. Este benefício será único por família e seu cálculo será em intervalos de R$ 2. Não há teto para esta transferência. Estima-se que o valor médio do benefício de superação da pobreza extrema na primeira infância ficará em torno de R$ 80 mensais por família.


O benefício começou a ser pago em junho deste ano, no cartão do Bolsa Família, no mesmo dia em que as famílias já recebem o benefício, sem necessitar de novo cadastro. Com isso, sairão da extrema pobreza dois milhões de famílias.


Segundo a presidenta, também vai aumentar o número de vagas e melhorar a qualidade das creches. Recursos serão repassados paras as prefeituras, de forma imediata, para custear novas vagas abertas em creches públicas ou conveniadas. Também haverá incentivo para matrículas de crianças do Bolsa Família nas creches de todo o País.

Jornal Midiamax