Geral

Academia sul-mato-grossense de letras empossará a escritora Elizabeth Fonseca

Acontecerá na próxima noite de 25/09, às 19h30min, no Auditório do CREA-MS (Rua Sebastião Taveira, 272 – B. Monte Castelo – Campo Grande), a posse solene da nova acadêmica Elizabeth Fonseca (recentemente eleita para a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras).  A nova imortal da ASL, que assumirá a Cadeira nº 25, será saudada na ocasião – […]

Arquivo Publicado em 19/09/2012, às 15h49

None

Acontecerá na próxima noite de 25/09, às 19h30min, no Auditório do CREA-MS (Rua Sebastião Taveira, 272 – B. Monte Castelo – Campo Grande), a posse solene da nova acadêmica Elizabeth Fonseca (recentemente eleita para a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras). 


A nova imortal da ASL, que assumirá a Cadeira nº 25, será saudada na ocasião – conforme rito próprio da Sessão Magna de posse – pelo acadêmico José Pedro Frazão. A Cadeira 25 da mais alta e representativa entidade literocultural do Estado possui como patrono o saudoso escritor Arnaldo Serra, e achava-se vaga desde o falecimento do acadêmico Zorrillo de Almeida Sobrinho. 


Poeta escritora e declamadora, Elizabeth Fonseca é autora das seguintes obras: “Sonhos Azuis” – poesias; “Retalhos da Vida” – poesias e crônicas; “Além da Janela” – poesias e crônicas; e ‘Contexto poético de Castro Alves e Thiago de Melo’. Possui várias premiações em concursos literários. É professora do Curso de declamação Castro Alves e uma das maiores declamadoras do estado. Incansável ativista cultural, realiza – anualmente, na capital – o já tradicional Recital de Poesia do Curso Castro Alves, espetáculo (aberto, sem fins lucrativos) que enaltece a arte do dizer poético e fomenta a cultura estadual, inclusive homenageando diversos artistas regionais.


Elizabeth Fonseca angariou a legítima condição para assumir a titularidade da mencionada Cadeira da ASL após concorrer através de criterioso processo de seleção que se iniciou com o edital próprio de abertura de vaga, tudo de acordo com o estatuto da entidade. Esta posse solene da escritora Elizabeth será a segunda realizada neste ano pela Academia, que já empossou no mês passado o escritor e jornalista Henrique de Medeiros na cadeira 10.


A Academia Sul-Mato-Grossense de Letras, que comemorará, no próximo mês, 41 anos de fundação, tem por finalidades enaltecer o vernáculo e as letras e defender a essência da boa literatura do Mato Grosso do Sul e do país, bem como realizar estudos dos problemas de interesse cultural que preocupam o mundo contemporâneo, buscando o congraçamento e a maior aproximação entre os legítimos representantes da cultura nacional e estadual.

Jornal Midiamax