Geral

Absolvido brasileiro acusado de homicídio em clube no Paraguai

O Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri decidiu nesta terça-feira (31), pela absolvição de W.F., denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) no artigo 121 (homicídio), §2º, inciso IV (com recurso que dificultou a defesa da vítima), combinado com o artigo 14 (crime) inciso II (tentado), ambos do Código Penal. O réu […]

Arquivo Publicado em 01/08/2012, às 12h17

None
637417901.jpg

O Conselho de Sentença da 1ª Vara do Tribunal do Júri decidiu nesta terça-feira (31), pela absolvição de W.F., denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) no artigo 121 (homicídio), §2º, inciso IV (com recurso que dificultou a defesa da vítima), combinado com o artigo 14 (crime) inciso II (tentado), ambos do Código Penal.


O réu foi a julgamento por, na madrugada de 26 de maio de 2007, no Clube Tinglado, na cidade de Ipê-Jhu, no Paraguai, ter agido com a intenção de matar, atingindo com disparos de arma de fogo duas vítimas, Estevão Franco e Luzinete Simão, sendo que esta veio a falecer.


Conforme a denúncia, em um dado momento da festa, Estevão estaria indo ao banheiro quando o réu passou a atirar e um dos tiros lhe acertou e, por erro de execução, também atingiu Luzinete.

Jornal Midiamax