Geral

ABC sofre gol de mão, mas vence Paraná fora de casa e respira

Nem um gol de mão conseguiu tirar uma importante vitória do ABC nesta terça-feira, pela Série B. O time potiguar jogou na casa do Paraná, sofreu o gol ilegal marcado pelo experiente Lúcio Flávio, mas venceu por 2 a 1. O reserva Rodrigo Silva foi quem fez os dois gols e deu mais tranquilidade para […]

Arquivo Publicado em 31/10/2012, às 01h44

None

Nem um gol de mão conseguiu tirar uma importante vitória do ABC nesta terça-feira, pela Série B. O time potiguar jogou na casa do Paraná, sofreu o gol ilegal marcado pelo experiente Lúcio Flávio, mas venceu por 2 a 1. O reserva Rodrigo Silva foi quem fez os dois gols e deu mais tranquilidade para o ABC, que agora tem 42 pontos, assim como o Paraná, e está cada vez mais longe da luta contra o rebaixamento.

O primeiro tempo do jogo mostrou porque as duas equipes estão longe de brigar pelo acesso. Afinal, com pouca criatividade, Paraná e ABC praticamente não criaram chances de gol. O único que chegou perto de balançar as redes foi Lúcio Flávio, que entrou na área pela esquerda e chutou colocado. A bola passou perto da trave, mas foi para fora.

Só no segundo tempo o ABC conseguiu superar a defesa adversária e assustar o goleiro Luis Carlos. Aos 10min, Adriano Pardal foi lançado na área e sofreu para se livrar da marcação. Ele ganhou a disputa, mas seu chute cruzado foi defendido.

O Paraná perdeu o domínio do jogo e acabou sofrendo o gol aos 34min: Rodrigo Silva dominou a bola na entrada da área e acertou um chute preciso no ângulo. O goleiro Andrey se esticou, mas a bola era praticamente indefensável.

No final ainda houve tempo para mais dois gols que não alteraram o andamento da partida: aos 42min, Rodrigo Silva marcou de cabeça seu segundo gol na partida. E apenas um minuto depois, Lúcio Flávio “mergulhou” na pequena área e diminuiu a vantagem do ABC, que reclamou de um toque de mão. Após o jogo, em entrevista ainda no campo, o experiente meia admitiu que o lance foi ilegal.

Jornal Midiamax