Geral

6º Distrito Naval celebra Dia do Marinheiro e nascimento do Patrono

Cerimônia militar de aproximadamente uma hora de duração, na sede do 6º Distrito Naval de Ladário, celebrou nesta quinta-feira, 13 de dezembro, o nascimento do patrono da Marinha do Brasil, Joaquim Marquês de Lisboa, o Marquês de Tamandaré. A data marca também a comemoração do Dia do Marinheiro. “Reverenciarmos nosso patrono, nossos marinheiros que contribuem […]

Arquivo Publicado em 13/12/2012, às 17h40

None
1840364959.jpg

Cerimônia militar de aproximadamente uma hora de duração, na sede do 6º Distrito Naval de Ladário, celebrou nesta quinta-feira, 13 de dezembro, o nascimento do patrono da Marinha do Brasil, Joaquim Marquês de Lisboa, o Marquês de Tamandaré. A data marca também a comemoração do Dia do Marinheiro.



“Reverenciarmos nosso patrono, nossos marinheiros que contribuem para manter a soberania do país, representando a nossa Marinha, defendendo os interesses do Brasil na nossa fronteira oeste, junto com a sociedade que nos recebe de braços abertos. Estaremos sempre mantendo os laços com as Prefeituras de Corumbá e Ladário, nas ações cívico-sociais. Esse é um dos nossos objetivos, colaborar com o bem estar da sociedade local”, declarou o comandante do 6º Distrito Naval, contra-almirante Rodolfo Frederico Dibo.



Personalidades civis e militares foram condecoradas, durante a solenidade, com a medalha do “Mérito Tamandaré”. Entre os homenageados estavam o general-de-brigada Samuel da Silva Ricordi; o coronel-aviador John Kennedy Greiffo da Justa Menescal; o procurador-chefe da Procuradoria da União em Mato Grosso do Sul, Iunes Tehfi; o delegado chefe da Polícia Federal de Corumbá, Alexandre do Nascimento e o presidente da Soamar de Cuiabá, Ivo Scaff.



Também foram entregues premiações às ganhadoras do Concurso de Redações Cisne Branco. A vencedora do Nível Médio foi Suzane Eberhart, 15 anos, do Colégio Militar de Campo Grande. A ganhadora do Nível Fundamental foi Bianca Nogueira da Vitória, de 13 anos, da Escola Estadual 2 de Setembro, de Ladário. “Sempre admirei os serviços da Marinha e por isso resolvi participar do concurso de redação Cisne Branco. Realizei pesquisas, contei com a ajuda de amigos e de professores para compor meu texto. Fico feliz de ter sido premiada e meu sonho é fazer um concurso e servir a Marinha”, disse Bianca.



Honras



Durante a solenidade foram lidas as mensagens referentes ao “Dia do Marinheiro”, do comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Júlio Soares de Moura Neto, e da presidente da República, Dilma Rousseff. Na Ordem do Dia, o comandante da Marinha convocou a todos os marinheiros a “renovarem a crença” na instituição e o “entusiasmo pela carreira abraçada”.



Moura Neto destacou os símbolos militares. “Marinheiros simbolizam os homens e as mulheres que labutam incansavelmente em nossa instituição, honra o seu uniforme, preserva os valores basilares da hierarquia e da disciplina e bem representa o País durante as viagens aos mais diversos continentes”. Afirmou ainda que a maior responsabilidade é contribuir para a garantia da soberania e dos interesses do Brasil na “Amazônia Azul” e nas águas interiores. “O mar responde por cerca de 95% do nosso comércio exterior, que se utiliza dos 40 portos organizados, estabelecidos ao longo do litoral de 8.500 km de extensão e dos 40.000 km de hidrovias navegáveis. Das áreas marítimas de exploração, são extraídos 2,1 milhões de barris de petróleo por dia, que correspondem a 90% da produção nacional. Com o começo das atividades na bacia do Pré-Sal, tais valores serão elevados substancialmente”, observou o almirante-de-esquadra.



A presidente Dilma, além de prestar homenagens à data, destacou a nomeação da primeira mulher para o posto de oficial-general das Forças Armadas. “Coube à Força Naval esse pioneirismo ao indicar para a patente de contra-almirante a médica Dalva Maria Carvalho Mendes. A nova almirante soma-se à extensa lista de mulheres que, cada dia mais, assumem posições de liderança em seus respectivos segmentos em nosso País. Simbólica em um país que vem promovendo significativas mudanças sociais, sua nomeação mostra que a igualdade entre homens e mulheres é uma causa viável e justa, que em muito contribuirá para o Brasil mais desenvolvido que almejamos”.



A solenidade terminou com desfile da tropa e apresentação da Guarda da Fortaleza Naval. Acompanharam a cerimônia os prefeitos Ruiter Cunha de Oliveira (Corumbá); José Antonio Assad e Faria (Ladário), além de autoridades civis; militares e religiosas.


Jornal Midiamax