Geral

‘Xuruca’ diz que matou em São Gabriel porque vendeu celular e não recebeu

A Policia Civil de São Gabriel do Oeste (MS) encerrou ontem (22) o inquérito sobre o assassinato de Luciano Marilá Fernandes Junior, de 18 anos, ocorrido no ultimo sábado (18), na rua Saracura, bairro Jardim Gramado. De acordo com informações do delegado Gustavo Ferraris, foram ouvidas seis testemunhas. John Maycon da Silva Jesus, de 18 […]

Arquivo Publicado em 23/06/2011, às 17h31

None

A Policia Civil de São Gabriel do Oeste (MS) encerrou ontem (22) o inquérito sobre o assassinato de Luciano Marilá Fernandes Junior, de 18 anos, ocorrido no ultimo sábado (18), na rua Saracura, bairro Jardim Gramado.

De acordo com informações do delegado Gustavo Ferraris, foram ouvidas seis testemunhas. John Maycon da Silva Jesus, de 18 anos, conhecido como Xuruca, confessou o crime, e disse ter dado dois tiros em Luciano, um acertou no peito e o outro na cabeça.

Segundo depoimento de Maycon, o motivo do assassinato seria uma divida referente a um celular. Ele completou 18 anos na sexta-feira (17), um dia antes do crime. Segundo informações da Policia Civil, este seria o terceiro assassinato que ele comete, sendo dois em São Gabriel do Oeste e um em Chapadão do Sul.

O inquérito foi encaminhado ao Fórum da Comarca de São Gabriel, quatro dias após o crime, onde o prazo final seria de 10 dias. Maycon foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, e pode pegar pena de 12 a 30 anos de reclusão.

O laudo pericial residuográfico, que é realizado para verificar a existência de pólvora na mão do autor, e o laudo do local devem chegar no prazo máximo de 10 dias.

Jornal Midiamax