Geral

Vitrine do Exportador tem nova versão para divulgar empresas brasileiras

Para divulgar as empresas brasileiras e seus produtos no mercado internacional, está funcionando desde quinta-feira (1º) a nova versão da Vitrine do Exportador – serviço oferecido pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC). Com uma base de dados de 18 mil empresas, a nova versão foi apresentada durante […]

Arquivo Publicado em 02/12/2011, às 11h28

None

Para divulgar as empresas brasileiras e seus produtos no mercado internacional, está funcionando desde quinta-feira (1º) a nova versão da Vitrine do Exportador – serviço oferecido pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior MDIC). Com uma base de dados de 18 mil empresas, a nova versão foi apresentada durante o 3º Encomex/Mercosul (Encontro de Comércio Exterior do Mercosul), que termina nesta sexta-feira (2) em Curitiba.

“Trata-se de um diretório de empresas exportadoras. A ideia é fazer um showroom virtual , gratuito, atualizado, que permita a aproximação do pequeno empresário brasileiro com o mercado internacional por meio dessa ferramenta”, explicou a secretária de Comércio Exterior, Tatiana Prazeres.

Uma série de novidades foi introduzida nessa nova versão, de acordo com Tatiana. “Uma delas é a tradução das informações do empresário, de forma gratuita, para o inglês e o espanhol. O exportador poderá inserir texto de apresentação, informações comerciais, imagens, vídeo e mapa de localização. É possível também a pesquisa por região e o acesso a informações macroeconômicas (Conhecendo o Brasil) e setoriais (Setor em Destaque)” , informou a secretária.

Importadores estrangeiros interessados em fazer negócios poderão acessar a Vitrine do Exportador e enviar propostas diretamente às empresas participantes por meio de formulário existente na Vitrine Virtual. A base de dados será atualizada mensalmente, por meio da inclusão automática de novos exportadores que realizaram operações no Siscomex (Sistema Integrado de Comércio Exterior) ou da DSE (Declaração Simplificada de Exportação).

As empresas já integrantes também terão as suas operações atualizadas mensalmente, pelo acréscimo de novos produtos e mercados. Serão mantidas as empresas que exportaram nos dois últimos exercícios – ano atual e anterior.

De acordo com o MDIC, empresas que ainda não exportam, mas têm potencial exportador, também podem solicitar adesão à Vitrine do Exportador. Basta acessar o site e enviar o formulário disponível em “solicite adesão”, localizado na página principal.

Jornal Midiamax