Vigia morto e estudante baleada em motel foram vítimas de traficante ‘com medo’

Carlos Henrique Delgadilho Sena, 31, vulgo “Corumbá” foi apresentado por policiais civis do 4° DP como autor do assassinato do vigia José Sandro dos Santos, 41, e da tentativa de homicídio contra a estudante Fabiana Pereira Gomes, 25, no momento em que saíam de um motel na rua Thomas Edson, Vila Progresso em Campo Grande […]
| 06/12/2011
- 18:54
Vigia morto e estudante baleada em motel foram vítimas de traficante ‘com medo’

Carlos Henrique Delgadilho Sena, 31, vulgo “Corumbá” foi apresentado por policiais civis do 4° DP como autor do assassinato do vigia José Sandro dos Santos, 41, e da tentativa de homicídio contra a estudante Fabiana Pereira Gomes, 25, no momento em que saíam de um motel na rua Thomas Edson, Vila Progresso em Campo Grande no último dia 29 de novembro.

Carlos informou que levou dois menores em uma caminhonete para a execução do crime. A polícia investiga a participação dos supostos menores.

O casal que estava hospedado no motel havia três dias teria feito um “disk-droga” para Carlos, pedindo cocaína, segundo o delegado Devair Aparecido Francisco. O autor teria desconfiado que o casal o denunciasse para a polícia, fato que motivou a execução.

Carlos e Fabiana foram alvejados na saída do motel, no momento em que seguiam em direção a uma moto. O vigia levou um tiro no peito e Fabiana que sobreviveu foi atingida no pescoço e costas.

“Corumbá” responderá por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. Ele já tem passagem por roubo em 2009 e estava foragido do regime semiaberto.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias