Geral

Vettel espera que Kubica volte logo à F1 e possa continuar nos ralis

Campeão da Fórmula 1 em 2010, Sebastian Vettel espera que Robert Kubica continue a participar de provas de rali como preparação assim que ele estiver pronto para voltar à categoria. O polonês sofreu um grave acidente em uma priova na Itália, no último domingo, e deve perder boa parte da temporada. Ele passou por duas […]

Arquivo Publicado em 12/02/2011, às 19h08

None

Campeão da Fórmula 1 em 2010, Sebastian Vettel espera que Robert Kubica continue a participar de provas de rali como preparação assim que ele estiver pronto para voltar à categoria. O polonês sofreu um grave acidente em uma priova na Itália, no último domingo, e deve perder boa parte da temporada. Ele passou por duas longas cirurgias no lado direito do corpo e terá de ser operado mais uma vez na próxima semana. O piloto da RBR ficou feliz com a boa recuperação de Kubica.


– Primeiro, acho que o mais importante é que ele não perdeu a mão. Tudo está lá e ele está tendo uma ótima recuperação. Agora ele precisa voltar a ter sua força e sua saúde normal, o que deverá demorar um pouco.  Ele é muito novo e é importante que tudo funcione bem para sua vida. Esperamos que ele esteja forte o suficiente para pilotar um carro de Fórmula 1 de novo e andar de rali novamente, porque ele ama os ralis, é um grande fã. Não era sua primeira prova e ele teve azar em bater naquele guard rail. Mas no fim, acho que teve sorte – diz Vettel à imprensa inglesa.


O acidente de Kubica fez com que as equipes pensassem em restringir as atividades de seus pilotos fora das pistas. Vettel espera que Kubica não seja proibido de correr no futuro e também pensa em disputar alguas provas, mas quer começar na neve, longe dos guard rails.


– Ele sabe que sempre existe risco quando você faz algo como isso, o mesmo que você tem na Fórmula 1. Automobilismo é assim. ele já teve alguns acidentes fortes na carreira e, na maioria deles, não teve culpa. Ainda acho que o rali é um esporte fascinante. Um dia, quero participar de alguns, mas é claro que uma notícia como essa é um grande choque. Talvez eu dispute um em algum ponto da minha carreira que seja na neve, longe dos guard rails.

Jornal Midiamax