Geral

Vasco e Corinthians polarizam chances após rodada; estatístico aponta paulistas favoritos

A 31ª rodada do Campeonato Brasil terminou deixando a sensação para quem observa a parte de cima da classificação de que o equilíbrio de vários times na mesma zona de pontuação está enfim para terminar. Vasco e Corinthians conseguiram bons resultados fora de casa e partem para a reta final da Série A praticamente polarizando […]

Arquivo Publicado em 24/10/2011, às 00h09

None

A 31ª rodada do Campeonato Brasil terminou deixando a sensação para quem observa a parte de cima da classificação de que o equilíbrio de vários times na mesma zona de pontuação está enfim para terminar. Vasco e Corinthians conseguiram bons resultados fora de casa e partem para a reta final da Série A praticamente polarizando as chances de título.


O Vasco alcançou os 57 pontos após a vitória em Salvador sobre o Bahia, retomando a liderança. Tudo graças ao empate do Corinthians por 1 a 1 com o Internacional em Porto Alegre. Apesar da igualdade e do topo perdido, o time paulista (55 pts.) deixou o Beira-Rio comemorando o ponto somado, que veio através do gol de falta de Alex aos 44min do segundo tempo.


Do grupo de líderes, o Vasco foi o único a vencer na rodada. Neste contexto, Botafogo, Flamengo, Fluminense e São Paulo amargaram tropeços e viram suas chances de conquista diminuir consideravelmente.


De acordo com o site Chance de Gol, especializado na análise estatística do Campeonato Brasileiro, o líder Vasco vai para as sete rodadas finais com 39,1% de chances de título. Este número é inferior às possibilidades do Corinthians, que apresenta 47,8% de ficar com a taça de 2011, de acordo com o mesmo levantamento.


A superioridade dos números do Chance de Gol a favor do Corinthians explica-se pelo fato de a sequência de jogos da equipe de Tite até o desfecho da competição ser considerada mais amena, em comparação à série que o Vasco precisa cumprir.


Após o empate em Porto Alegre, o Corinthians agora encara uma série de cinco jogos diante de adversários que lutam contra o rebaixamento: Avaí, América-MG, Atlético-PR, Ceará e Atlético-MG.


Por sua vez, o Vasco entra numa espécie de Torneio Rio-São Paulo na reta final. Das sete partidas que restam ao time de Cristóvão Borges, seis são contra adversários do famoso “eixo” do Sudeste: São Paulo, Santos, Botafogo, Palmeiras, Fluminense e Vasco.


Atrás da dupla de líderes aparece o Botafogo, com 52 pontos, na terceira posição após a 31ª rodada, em que lamentou a derrota para o Avaí em Santa Catarina. A equipe dirigida por Caio Júnior ficou com apenas 7,5% de chances, de acordo com o site. Em seguida, Flamengo (2,2%), Fluminense (1,8%) e São Paulo (1,2%), já com possibilidades já remotas.


Mineiros melhoram situação na luta contra queda


A rodada terminou com esperanças renovadas para a dupla Atlético-MG e Cruzeiro. Os rivais de Belo Horizonte venceram seus respectivos jogos e terminaram o final de semana fora da zona de rebaixamento, na 16ª e 15ª colocações, respectivamente.


Agora, o Cruzeiro soma apenas 13,4% de chances de cair, de acordo com o Chance de Gol. Os atleticanos têm 35,1% de risco de rebaixamento. A situação é mais complicada para Ceará (53,1%), Atlético-PR (83,8%), Avaí (94,4%) e América-MG (99,7%).

Jornal Midiamax