O deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Campo Grande, Vander Loubet (PT), disse “ter certeza” de que o PDT não formará aliança com o PMDB nas eleições do ano que vem. Ele participou na noite desta quinta-feira (25) de solenidade da Câmara Municipal realizada no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em homenagem às personalidades que contribuíram com o crescimento de Campo Grande.

“Por enquanto é preciso ter cautela. Pelo que conheço do Dagoberto [Nogueira, presidente do diretório regional do PDT], tenho certeza que no ano que vem, ou ele é candidato ou vai estar com o PT”, afirmou.

O parlamentar disse que tem acompanhado as declarações de Dagoberto que são veiculadas na mídia e acredita que muita coisa não passa de “especulação”. Ele lembrou que o pedetista forma bloco de oposição com o PT em Mato Grosso do Sul desde 1996 e não crê em uma possível aproximação do PDT com o governador André Puccinelli para a sucessão do prefeito Nelson Trad Filho (PMDB).

“Pela última conversa que tive com ele, ele fica com o PT. É claro e acho muito normal que ele deve ter conversado com o PMDB a respeito das prefeituras do interior, nas quais o PDT tem interesse, mas para Campo Grande ele deve mesmo ficar conosco”, finalizou, se referindo a Dagoberto.