Geral

Tsunami causado por terremoto no Japão deixa Pacífico em alerta

O governo do Havaí ordenou a remoção da população de sua área costeira diante da ameaça de fortes ondas provocadas pelo terremoto de 8,9 graus nesta sexta-feira no Japão, informou há pouco a Reuters. Um alerta de tsunami foi emitido para toda a região do oceano Pacífico, com exceção do território continental dos Estados Unidos […]

Arquivo Publicado em 11/03/2011, às 11h59

None

O governo do Havaí ordenou a remoção da população de sua área costeira diante da ameaça de fortes ondas provocadas pelo terremoto de 8,9 graus nesta sexta-feira no Japão, informou há pouco a Reuters.


Um alerta de tsunami foi emitido para toda a região do oceano Pacífico, com exceção do território continental dos Estados Unidos e Canadá.


As autoridades norte-americanas também determinaram a retirada das pessoas das áreas baixas da ilha de Guam, no oeste do Pacífico, onde os moradores receberam a instrução de se deslocarem para locais que estejam pelo menos 15 metros acima do nível do mar e a 30 metros da costa.


O tsunami é mais alto do que muitas ilhas do Pacífico, que poderiam ser arrasadas, alertou a Cruz Vermelha Internacional, em Genebra.


Países em desenvolvimento estão sob maior risco do que o Japão, apesar de terem sido avisados com antecedência por um sistema de alerta e terem planos de remoção de populações, estabelecidos depois do tsunami de 2004, que causou dezenas de milhares de mortos, informaram a Federação da Cruz Vermelha e a Sociedade do Crescente Vermelho.


“No momento, o tsunami é mais alto do que algumas ilhas e poderá ir diretamente nessa direção. Esse é um cenário que ninguém quer ver”, disse à Reuters o porta-voz Paul Conneally, em Genebra.


(Com informações da Reuters)

Jornal Midiamax