Geral

TRT reconhece legalidade da greve dos empregados do Bertin

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região reconheceu a legalidade da greve dos empregados no frigorífico JBS Bertin, deflagrada em novembro. De acordo com decisão do órgão, a empresa terá de pagar direitos trabalhistas dos empregados e cumprir os acordos firmados com a categoria. Vilson Gimenes Gregório, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias […]

Arquivo Publicado em 03/03/2011, às 14h26

None

O Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região reconheceu a legalidade da greve dos empregados no frigorífico JBS Bertin, deflagrada em novembro.


De acordo com decisão do órgão, a empresa terá de pagar direitos trabalhistas dos empregados e cumprir os acordos firmados com a categoria.


Vilson Gimenes Gregório, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados (STIC-CG), responsável pela paralisação das atividades no ano passado, afirma que irá cobrar direitos dos empregados junto à empresa.


“Vamos cobrar agora o imediato ressarcimento dos direitos dos empregados que foram violados pelo Bertin na ocasião”, comentou.


O tribunal determinou ainda que a empresa pague aos empregados uma série de valores a título de antecipações e adiantamentos, além de elaborar estudos para a extinção do trabalho aos sábados na unidade 2.

Jornal Midiamax