Geral

Tropas líbias desertam e se unem a rebeldes, diz oposição

Tropas do governo que tentavam retomar o controle de Misrata dominada pelos rebeldes líbios desertaram no sábado e se juntaram à rebelião, afirmou um porta-voz dos rebeldes. Rebeldes em Misrata disseram que as forças leais ao líder líbio Muammar Gaddafi tentaram retomar Misrata, o último grande reduto dos rebeldes no ocidente da Líbia, no início […]

Arquivo Publicado em 12/03/2011, às 20h57

None

Tropas do governo que tentavam retomar o controle de Misrata dominada pelos rebeldes líbios desertaram no sábado e se juntaram à rebelião, afirmou um porta-voz dos rebeldes.
Rebeldes em Misrata disseram que as forças leais ao líder líbio Muammar Gaddafi tentaram retomar Misrata, o último grande reduto dos rebeldes no ocidente da Líbia, no início do dia, mas não conseguiram.


O porta-voz rebelde Gemal disse por telefone que a temida 32a Brigada da Líbia, comandada por Khamis, filho de Gaddafi, se aproximou da cidade, mas seu avanço foi impedido por um motim.


“Pela manhã, houve uma reunião das forças pró-Gaddafi com o objetivo aparente de atacar a cidade, mas Deus protegeu essa cidade. Havia alguma dissidência dentro da Brigada de Khamis,” declarou ele de Misrata.


“Ficamos sabendo que soldados desertaram após a disputa. Eles se juntaram aos rebeldes e disseram que dezenas de membros do batalhão expressaram relutância em matar civis inocentes. Alguns deles fugiram. Outros mais poderiam ter se juntado a nós, mas eles foram baleados por homens pró-Gaddafi.”


Os eventos não puderam ser confirmados por fontes independentes. Jornalistas foram impedidos de entrar na cidade pelas autoridades.


Misrata, a cerca de 200 quilômetros ao leste de Trípoli, é a terceira maior cidade da Líbia e um importante pólo comercial, com uma população de aproximadamente 300 mil pessoas.


O governo afirma que os rebeldes são bandidos ou membros da Al Qaeda. Opositores de Gaddafi negam qualquer ligação com militantes religiosos, dizendo que eles estão lutando por uma mudança democrática.


Rebeldes e residentes em Misrata vinham se preparando para uma ofensiva do governo desde que as tropas retomaram nessa semana o controle de Zawiyah, uma pequena cidade 50 quilômetros ao oeste de Trípoli.


Mussa Ibrahim, um porta-voz do governo em Trípoli, não confirmou nem descartou uma operação militar em curso em Misrata.

Jornal Midiamax