Geral

Timão está perto de acerto com o volante Fábio Simplício

Depois de contratar o meia Alex, do Spartak Moscou-RUS, o Corinthians tem um outro reforço “estrangeiro” para anunciar depois da decisão do Campeonato Paulista, contra o Santos, neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. O Timão está muito próximo de um acerto com o volante Fábio Simplício, do Roma-ITA. Falta apenas a assinatura do contrato. […]

Arquivo Publicado em 14/05/2011, às 21h55

None

Depois de contratar o meia Alex, do Spartak Moscou-RUS, o Corinthians tem um outro reforço “estrangeiro” para anunciar depois da decisão do Campeonato Paulista, contra o Santos, neste domingo, às 16h, na Vila Belmiro. O Timão está muito próximo de um acerto com o volante Fábio Simplício, do Roma-ITA. Falta apenas a assinatura do contrato.


Clube e jogador negociam há praticamente um mês por intermédio do empresário Gilmar Rinaldi. O agente, apesar de se sentir enganado na chegada de Adriano ao clube, tem uma boa relação com o presidente Andrés Sanches – ele cuida também da carreira do lateral-esquerdo Fábio Santos. Por orientação da cúpula alviengra, o ex-goleiro não quer se manifestar sobre o caso.


– Quem contou isso a você? Eu não posso falar nada sobre esse assunto, me desculpe – disse Rinaldi, por telefone.


Simplício, de 31 anos, chega para reforçar um setor que sofreu muitas mudanças no Corinthians em pouco mais de cinco meses. No fim do ano, o clube vendeu Elias para o Atlético de Madri-ESP., perdendo sua referência no setor. Já em 2011, depois da eliminação na Taça Libertadores, foi a vez de Jucilei bater asas do Parque São Jorge e ir atuar no Anzhi-RUS.


O marcador brigará com Ralf e Paulinho pela posição de titular. O Timão, porém, acredita que um dos dois poderá ser vendido ainda este ano e precisa de alguém para entrar imediatamente na equipe. O Alvinegro negocia também para ter o volante Edenílson, de 21 anos, revelação do Caxias-RS. O jogador já foi aprovado pelo técnico Tite e deve se apresentar na próxima semana.


Fábio Simplício começou a carreira nas categorias de base do São Paulo na mesma equipe que tinha Kaká e Júlio Baptista, entre outos. Na Europa, o jogador fez toda a carreira no futebol italiano. Antes de defender o Roma, atuou no Parma e no Palermo.

Jornal Midiamax