Geral

TCU receberá informações prévias sobre editais de obras da Copa, diz ministra da Casa Civil

O governo não pretende mudar de posição em relação ao sigilo sobre os orçamentos para obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, que serão contratadas por meio do Regime Diferenciado de Contratação Pública (RDC). Enquanto o Palácio do Planalto se articulava para convencer o presidente do Senado, José Sarney, a […]

Arquivo Publicado em 22/06/2011, às 01h10

None

O governo não pretende mudar de posição em relação ao sigilo sobre os orçamentos para obras da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas de 2016, que serão contratadas por meio do Regime Diferenciado de Contratação Pública (RDC). Enquanto o Palácio do Planalto se articulava para convencer o presidente do Senado, José Sarney, a apoiar a proposta, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, reuniu-se com o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Benjamin Zymler, para apresentar os argumentos em defesa do RDC.


De acordo com a assessoria do Palácio do Planalto, Gleisi disse a Zymler que o governo enviará previamente aos ministros do TCU todos os editais das obras, mesmo que o RDC venha a ser aprovado.


Após a reunião com o presidente do TCU, a ministra da Casa Civil cobrou dos ministros do Esporte, Orlando Silva, e da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, providências para tornar mais ágil a divulgação das informações sobre as obras no Portal da Transparência.


Entre as ações determinadas pela ministra a Orlando Silva e Hage, está a de contatar estados e municípios para que apresentem seus relatórios.

Jornal Midiamax