Geral

Sonnen diz que Anderson Silva está ultrapassado e mira Cigano e Jon Jones

Chael Sonnen conseguiu de novo. O norte-americano foi destaque na mídia e, novamente, não foi pelo que fez dentro do octógono, e sim pelo que disse fora dele. De volta ao talk show de Michael Landsberg, o qual tinha abandonado o programa no meio de uma entrevista cerca de um mês atrás, o lutador voltou […]

Arquivo Publicado em 26/12/2011, às 17h09

None

Chael Sonnen conseguiu de novo. O norte-americano foi destaque na mídia e, novamente, não foi pelo que fez dentro do octógono, e sim pelo que disse fora dele. De volta ao talk show de Michael Landsberg, o qual tinha abandonado o programa no meio de uma entrevista cerca de um mês atrás, o lutador voltou atacar Anderson Silva, detentor do cinturão dos médios do UFC.


O programa ainda não foi ao ar, mas a rede TSN soltou uma prévia onde Sonnen “desiste” de provocar Anderson Silva por considerá-lo ultrapassado e mostra que tem outros lutadores como objetivo dentro do UFC.


“Ele (Anderson Silva) e eu não temos mais negócio algum. Esse cara é produto frio, notícia de ontem. Destruí esse cara quando ele era difícil. Isso foi anos atrás. Vou me tornar o desafiante número um no dia 28 de janeiro. Mas, apesar do que você pode pensar, eu não vou usar isso para lutar contra Anderson Silva. Estarei olhando (Júnior) dos Santos, (Jon) Jones e, possivelmente, (Georges) St. Pierre. Vou levar esse “passe” para Dana White e escolher um desses três caras. Meu tempo com Anderson já passou”, disse Sonnen.


O norte-americano se refere ao combate entre os dois, realizado em agosto de 2010. Na ocasião, Sonnen levava a melhor durante toda a luta, mas no último round Anderson Silva encaixou um triângulo de perna e finalizou o rival.


Sonnen vai enfrentar Mark Muñoz no dia 28 de janeiro. O vencedor do confronto provavelmente desafiará o campeão Anderson Silva.

Jornal Midiamax