Geral

Sobrinho mata o tio a facada em Campo Grande

Paulo Aparecido Queiroz de Matos foi morto na madrugada deste domingo no bairro Jardim Colibri. Suspeito trabalhava como ajudante do tio em uma chácara, e discussão por dinheiro pode ter sido o motivo do crime

Arquivo Publicado em 13/02/2011, às 12h18

None
1709588711.jpg

Paulo Aparecido Queiroz de Matos foi morto na madrugada deste domingo no bairro Jardim Colibri. Suspeito trabalhava como ajudante do tio em uma chácara, e discussão por dinheiro pode ter sido o motivo do crime

Diego Braz dos Santos (21) foi preso pela Polícia Militar, acusado de matar o tio durante uma discussão na madrugada de domingo (13) no bairro Jardim Colibri em Campo Grande. Paulo Aparecido Queiroz de Matos (44) levou uma facada no peito após se desentender com o sobrinho.


Ambos estavam na residência da ex-namorada da vítima, na rua Osmar de Andrade, quando ocorreram os fatos. Havia pelo menos quatro pessoas na casa que testemunharam o crime. Segundo relatos feitos à polícia, Diego trabalhava como ajudante para o tio, que era chacareiro, e a discussão teria iniciado por causa de falta de pagamento.


Outra hipótese é a de que o sobrinho exigia dinheiro de Paulo Aparecido para manter o vício nas drogas, e para isso tentou roubá-lo. Diego confessou aos policiais que era usuário de maconha.


O suspeito contou com a ajuda de uma pessoa, ainda não identificada, para perseguir Paulo Aparecido até a casa da ex-namorada dele. Ambulância do Samu foi chamada para socorrer a vítima, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.


Diego nega as acusações e afirmou na delegacia que estava em casa, no bairro Alves Pereira, quando o crime aconteceu. Na hora da prisão, entretanto, os policiais apreenderam com ele roupas sujas de sangue. A arma utilizada no assassinato não foi encontrada. O suspeito foi conduzido à Delegacia de Pronto-Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Piratininga, onde ficará à disposição da autoridade policial.

Jornal Midiamax