Geral

Siufi ‘sela’ a paz com o primo Marquinho Trad

O presidente da Câmara dos Vereadores, Paulo Siufi, do PMDB disse nesta manhã que não restou “mágoas” na discussão que teve ontem com o primo dele, o deputado estadual Marquinhos Trad, também peemedebista. Os dois se desentenderam por meio da midia acerca da instalação de uma Unei, casa que cuida de adolescentes infratores, em frente […]

Arquivo Publicado em 10/02/2011, às 13h34

None
792741584.jpg

O presidente da Câmara dos Vereadores, Paulo Siufi, do PMDB disse nesta manhã que não restou “mágoas” na discussão que teve ontem com o primo dele, o deputado estadual Marquinhos Trad, também peemedebista. Os dois se desentenderam por meio da midia acerca da instalação de uma Unei, casa que cuida de adolescentes infratores, em frente ao Mercadão.

Siufi disse ter mantido “uma longa” conversa pelo telefone com o deputado e que entre eles pode haver divergências políticas, jamais no âmbito pessoal.

Os dois querem disputar a prefeitura de Campo Grande no ano que vem. Contudo, Marquinhos pode ficar fora da briga porque seu irmão, Nelsinho Trad, outro do PMDB, é o prefeito.

Quanto a discussão envolvendo os primos, Siufi não gostou de o deputado ter participado de um manifesto, ontem, em frente ao Mercadão, onde seria instalada uma unidade da Unei.

Comerciantes da região discordaram da ideia e Marquinhos Trad foi lá apoiá-los. Antes do protesto, os manifestantes ficaram sabendo que no local onde funcionaria a Unei seria sede de uma corporação militar. O ato nem foi realizado.

Ao comentar o caso, Siufi disse que “político estaria jogando para a plateia”, uma alfinetada no parlamentar.

O presidente da Câmara disse que o governo estadual não teria planos de instalar a Unei em frente ao Mercadão, que isso era apenas boato.

Já Marquinhos Trad disse o contrário, que era, sim, plano do governo o de instalar a unidade ali, tanto que a intenção havia sido publicada em Diário Oficial. (Material editado às 10h52)

Saiba mais em notícias relacionadas, logo abaixo

Jornal Midiamax