Mesmo vencendo em Corumbá por 2 a 1, de virada, o técnico do Sete de Dourados, Eloi Kruger cobrou maior definição dos jogadores no momento de cabecear. E esse fundamento está sendo constantemente treinado pelo elenco e cobrado pelo treinador. E nos treinos de hoje (22) não foi diferente. O time titular treinou exaustivamente cruzamentos, cabeceio e definição. “Se tivéssemos aproveitados todos os cruzamentos com cabeceadas, o placar e, Corumbá seria maior para nós. O que está faltando ainda é técnica de cabeceio. E estamos insistindo nos treinos esse fundamento que fez falta em Corumbá”, alertou.

Mesmo com essa observação, o treinador tem gostado do rendimento da equipe ao longo da Copa MS de Futebol Junior. “O time fez um primeiro tempo com poucos erros. Mas foi um jogo muito técnico. E num único lance, o Corumbaense marcou o gol por nossa desatenção”, disse Eloi.

Porém, o que mais tem agradado o treinador é o poder de recuperação do Sete de Dourados em momento de adversidade como foi ao sair perdendo. “O Sete de Dourados teve tempo de reação. Levamos o gol e em seguida não deixamos nos abater, muito pelo contrário. Fomos em busca do empate e conseguimos ainda virar o placar”, comemora.

Eloi Kruger não irá pronunciar sobre a expulsão do capitão Augusto até ver as imagens do lance. “Eu estava muito longe do lance e o árbitro próximo. Eu não vou dizer se o árbitro errou ou não; ou ainda se o meu atleta mereceu ser expulso ou não. E se mereceu, após avaliar as imagens eu irei sentar com ele e mostrar onde ele errou e tentar mostrar a ele o que poderia ser feito na jogada”, resumiu.

Hoje o elenco treinou normalmente em dois períodos já pensando no Aquidauanense no Estádio Douradão, no sábado, dia 27, ás 16h. O treinador ainda não definiu quem será o substituto de Augusto. O nome provável é de Tassio.