Geral

Secretaria de Fazenda do Rio divulga valores do IPVA de 2012

A Secretaria de Fazenda do Estado do Rio divulgou nesta quarta-feira, 21, os valores do IPVA de 2012. Para o próximo ano, o imposto apresenta algumas novidades que vão representar maior comodidade para os contribuintes. Além de poder pagar no banco de sua preferência o imposto e as taxas de vistoria e licenciamento anual e […]

Arquivo Publicado em 21/12/2011, às 16h47

None

A Secretaria de Fazenda do Estado do Rio divulgou nesta quarta-feira, 21, os valores do IPVA de 2012. Para o próximo ano, o imposto apresenta algumas novidades que vão representar maior comodidade para os contribuintes. Além de poder pagar no banco de sua preferência o imposto e as taxas de vistoria e licenciamento anual e o Seguro Obrigatório, não haverá mais a cobrança de tarifas bancárias.

Dessa forma, o atendimento ficará mais rápido e sem custos adicionais. Os proprietários de veículos poderão ter desconto de 10%, caso efetuem o pagamento em cota única com vencimento entre os meses de janeiro e março. Também é possível fazer o pagamento parcelado em três vezes sem juros, porém sem o benefício do desconto.

As guias para pagamento do imposto poderão ser impressas através do site da Secretaria (www.fazenda.rj.gov.br) ou no site do Banco Bradesco (www.bradesco.com.br) a partir do dia 2 de janeiro para quem tem IPVA em atraso e a partir do dia 9 de janeiro para os demais contribuintes.

O valor do IPVA é definido com base no valor médio de mercado de veículos usados, calculado e fornecido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE/USP. Para os veículos novos a base de cálculo do IPVA é o valor da Nota Fiscal de venda e o imposto é calculado proporcionalmente aos meses restantes do ano, a contar do emplacamento.

A tabela do IPVA 2012 apresenta uma redução média de aproximadamente 5,0%, em função das variações de preços de mercado dos veículos automotores usados. Dessa forma, os contribuintes que não trocaram de carro terão, em média, uma queda dessa magnitude no imposto a ser pago. Essa redução varia por tipo de veículo, por ano de fabricação, por modelo, marca e origem (se importado ou nacional) e outras características, como potência do motor, tipo de combustível, etc.

Jornal Midiamax