Geral

Saiba o que fazer quando árvores estão em risco de queda

Desde o início da semana, a chuva não deu trégua aos sul-mato-grosseses. Em Campo Grande houve dezenas de ocorrências relacionadas a alagamentos, acidentes, quedas de árvores, ou seja: muito trabalho para a PM, Defesa Civil e Bombeiros, além de transtorno à população. De acordo com as orientações da Defesa Civil, proprietários de veículos devem evitar […]

Arquivo Publicado em 12/03/2011, às 12h10

None

Desde o início da semana, a chuva não deu trégua aos sul-mato-grosseses. Em Campo Grande houve dezenas de ocorrências relacionadas a alagamentos, acidentes, quedas de árvores, ou seja: muito trabalho para a PM, Defesa Civil e Bombeiros, além de transtorno à população.


De acordo com as orientações da Defesa Civil, proprietários de veículos devem evitar estacionar debaixo de árvores durante esse período chuvoso. O número de ocorrências desse tipo deve cair com a diminuição das chuvas. Atualmente há três viaturas do órgão atendendo a Capital.


Sobre a poda em via pública, o Corpo de Bombeiros explica que isso só pode ser feito com autorização da prefeitura, e em caso de perigo às residências, eles o fazem.


O biólogo Luciano Felix orienta a população a plantar próximos ou a suas casas as seguintes espécies: ipê, chapéu de sol e flamboyant, pois possuem raiz profunda e madeira de lei.


Ainda segundo, o biólogo, as não recomendadas são sete-copa (tem facilidade em obter fungos e cupins, facilitando quebra de galhos com excesso de chuva) e a sicu (não é madeira de lei e tem raiz profunda que em vários casos quando plantada em via pública danifica a calçada ao seu redor).

Jornal Midiamax