Geral

Reserva, Keirrison diz que Santos foi ‘individualista e quieto’

Após o empate com o Santo André, o douradense Keirrison, que começou a partida no banco de reservas, disse que o time foi ‘individualista’ e cobrou mais ‘conversa dentro de campo’. “Em alguns lances, nós fomos um pouco individualistas demais. Chutamos muito a bola, quando deveríamos ter tocado”, destacou. “A gente acaba abaixando muito a […]

Arquivo Publicado em 06/02/2011, às 23h33

None

Após o empate com o Santo André, o douradense Keirrison, que começou a partida no banco de reservas, disse que o time foi ‘individualista’ e cobrou mais ‘conversa dentro de campo’.


“Em alguns lances, nós fomos um pouco individualistas demais. Chutamos muito a bola, quando deveríamos ter tocado”, destacou.


“A gente acaba abaixando muito a cabeça e chutando para o gol sem ver o companheiro que está melhor posicionado. Temos de conversar mais dentro de campo”, completou o centroavante, que entrou aos 16min da segunda etapa no lugar do artilheiro Maikon Leite.


O jogador vinha atuando como titular na equipe, mas neste sábado foi preterido por Adilson Batista, que colocou o estreante Diogo em seu lugar.

Jornal Midiamax