Geral

PSDB decide por candidatura própria em Campo Grande e ensaia dobradinha com DEM

Por unanimidade, cerca de 150 membros do Diretório Municipal do PSDB votaram pela candidatura própria na corrida pela sucessão de Nelsinho na Prefeitura de Campo Grande. Presidente dos tucanos diz que proximidade com o DEM aumenta e pode resultar em dobradinha Azambuja - Mandetta.

Arquivo Publicado em 01/05/2011, às 15h27

None

Por unanimidade, cerca de 150 membros do
Diretório Municipal do PSDB votaram pela candidatura própria na corrida pela sucessão de Nelsinho na Prefeitura de Campo Grande. Presidente dos tucanos diz que proximidade com o DEM aumenta e pode resultar em dobradinha Azambuja – Mandetta.

Os membros do Diretório Municipal do PSDB de Campo Grande decidiram por unanimidade pela candidatura própria na eleição para prefeito da Capital, no próximo ano. Cerca de 150 militantes tucanos se reuniram na quarta-feira (27) da última semana e a ideia de uma coligação no ano que vem foi totalmente rejeitada.


Segundo o presidente do PSDB municipal, Carlos Alberto Assis, a primeira reunião do Diretório de Campo Grande serviu para acertar as estratégias de fortalecimento e consolidação do partido na capital, tudo com as eleições municipais em 2012 em foco.


Entre os presentes na reunião que definiu pela candidatura peessedebista para concorrer à sucessão de Nelsinho Trad (PMDB), estavam ainda Carlos Alberto Miranda, vice-presidente; Dr. Rubem Figueiró, presidente de honra do partido; Vanderlei Rocha, representando a Senadora Marisa Serrano; Sérgio de Paula, representando o Deputado Federal Reinaldo Azambuja; Marco Felipe Castello, presidente da JPSDB; e Eliana Rodrigues, recém empossada presidente do PSDB Mulher.


‘Caixinha’


Para preparar o diretório financeiramente, os tucanos anunciaram a opção de contribuição voluntária com uma taxa de anuidade para os filiados. Cada tucano ajudará com R$ 60 reas voluntariamente. “A colaboração é de fundamental importância para que saiamos da condição de pedintes e tenhamos independência, agilidade e autonomia na implementação dos projetos”, disse Assis.


45 nos bairros


Um dos projetos que os tucanos campo-grandenses anunciaram é o “Caravana 45”, que promete reforçar a presença do PSDB nos bairros da capital com ações gratuitas de cultura, lazer, esportes, entretenimento e serviços para população.


O diretório municipal também anunciou um “dia da adesivagem”, com o objetivo de popularizar o número 45, da legenda tucana.


Azambuja e Mandetta


Carlos Alberto diz que, com o posicionamento pela candidatura própria e a aproximação entre o PSDB e o Democratas, ele considera provável uma “dobradinha” Azambuja – Mandetta, referindo-se aos deputados federais Reinaldo Azambuja (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM).


Azambuja, apontado como provável candidato tucano à prefeitura de Campo Grande, já confirmou publicamente a disposição em concorrer na sucessão do peemedebista Nelson Trad Filho.

Jornal Midiamax