O presidente regional do PSDB em Mato Grosso do Sul, deputado federal Reinaldo Azambuja, começou a traçar as estratégias para fortalecer o partido para as eleições do ano que vem, onde ele é pré-candidato a prefeito pela Capital.

Ontem a executiva regional se reuniu e definiu que a sigla devera dobras o número de filiados que atualmente tem 28 mil e a meta e chegar a 46 mil filiados.

Azambuja explica que a sigla tem um ótimo quadro para disputar as eleições para prefeito e vereador, mas ele lembra que nesse período os partidos políticos estão renovando suas bases “Precisamos abrir as portas do partido, evitando que o comando fique centralizado. Precisamos oxigenar a base, dar espaço para as pessoas que se identificam com o partido para que elas possam ter voz e nos ajudar na elaboração dos projetos que queremos apresentar em cada município nas próximas eleições”, disse o parlamentar.

Ele explica que a proposta é enviar três grupos de trabalho para os municípios e traçar junto com os diretórios, metas para captação de novos membros. D

urante a reunião foi discutido também qual seria o roteiro das viagens e o custo que isso acarretaria ao partido.

Participaram da reunião, os deputados estaduais Professor Rinaldo, Dione Hashioka, Márcio Monteiro, o representante do Deputado Onevan de Mattos, Fernando, o presidente de honra do PSDB de Campo Grande, Rubens Figueiró, entre outros tucanos e assessores parlamentares.