Geral

Projeto do parcelamento do IPVA será derrubado, diz Marquinhos Trad

A previsão é que o projeto seja votado ainda em 2011, mas a ordem do governo é que seja derrubado

Arquivo Publicado em 29/11/2011, às 18h10

None

A previsão é que o projeto seja votado ainda em 2011, mas a ordem do governo é que seja derrubado

O deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB) comentou nesta terça-feira (29) sobre os encaminhamentos do projeto sobre o parcelamento de débitos anteriores do IPVA, de sua autoria.


De acordo com Marquinhos o governo não tem demonstrado boa vontade. “Também não demonstra que está ajudando os contribuintes”.


Marquinhos ressaltou que o projeto torna lei o que é feito anualmente via decreto. “Ao invés de ficar nas mãos do executivo, que seja fixado por lei”.


O deputado enfocou que o IPVA em Mato Grosso do Sul é um dos mais caros do Brasil. “Não queremos beneficiar o contribuinte, mas sim facilitar, proporcionar meios para que ele possa pagar”.


Pagamento


Marquinhos Trad, que é o autor do projeto que autoriza o parcelamento dos débitos, destacou que o Detran (Departamento de Trânsito) irá leiloar 500 motocicletas que não podem circular. “Quinhentos proprietários que irão perder seus veículos por falta de pagamento. É melhor para o Estado pegar a moto por inteiros do que parcelar”.


O deputado acredita que o projeto seja votado ainda em 2011. “Vai entrar este ano, mas será derrubado. A ordem do governador é derrubar”.


Segundo Marquinhos, todos os pontos serão rebatidos. “Nenhum município perde e todos os municípios ganham”, garantiu.


Marquinhos acha nociva a interferência do Executivo no Legislativo. “Tem projeto de lei que está sendo vetado e nem o próprio autor tem sustentado. Isso me deixa perplexo, mas não desanimado”.

Jornal Midiamax