Geral

PRF desativa entreposto de cigarros de contrabandistas em Caracol

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) localizou e desativou um entreposto utilizado por contrabandistas de cigarros na zona rural de Caracol. No local os policiais apreenderam 845 caixas de cigarro, no valor de R$ 260 mil, um veículo modelo Gol, uma Silverado com placas adulteradas, duas espingardas calibre 22 e aproximadamente 100 munições calibre 22 e […]

Arquivo Publicado em 22/10/2011, às 14h56

None
994719967.jpg

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) localizou e desativou um entreposto utilizado por contrabandistas de cigarros na zona rural de Caracol. No local os policiais apreenderam 845 caixas de cigarro, no valor de R$ 260 mil, um veículo modelo Gol, uma Silverado com placas adulteradas, duas espingardas calibre 22 e aproximadamente 100 munições calibre 22 e 38. Foi utilizado helicóptero na operação, que contou com 15 policiais rodoviários federais, 25 militares do Exército, cinco auditores da Receita Federal e um fiscal da Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).


O Exército de Bela Vista também deu apoio com o envio de três caminhões e camionetes para a retirada da carga. Conforme Boletim da PRF, a operação começou na sexta-feira às 16h, quando em um voo rotineiro a tripulação do helicóptero PRF Patrulheiro – 3 visualizou uma casa e anexos, além de dois veículos estacionados nas margens do Rio Apa, que divide Brasil e Paraguai. Ao ouvirem o barulho da aeronave, quatro pessoas saíram correndo e entraram em um matagal.


Assim que o helicóptero pousou, os três policiais rodoviários federais que estavam na aeronave constataram que o local se tratava de um entreposto para carregamento de carretas. Os contrabandistas utilizavam uma tirolesa para atravessar as caixas sobre o rio. A mercadoria então era acomodada sobre caixas e coberta com uma lona preta para não chamar atenção. Segundo a Receita Federal, a multa tributária ao responsável pela propriedade rural pode ultrapassar a marca de R$ 200 mil.

Jornal Midiamax