PRF apreende R$ 6,7 mil em cédulas falsas na BR-163

No final da tarde desta segunda-feira (05), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu R$ 6,7 mil em cédulas falsas na BR-163, em Coxim. O dinheiro estava num Fiat Uno, placas CIN-1499 de Poxoréu (MT), que era conduzido pelo açougueiro José Antônio Benedito Soares da Silva, de 25 anos, e tinha como passageiros Diogo da Silva, […]
| 06/12/2011
- 02:49
PRF apreende R$ 6,7 mil em cédulas falsas na BR-163

No final da tarde desta segunda-feira (05), a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu R$ 6,7 mil em cédulas falsas na BR-163, em Coxim. O dinheiro estava num Fiat Uno, placas CIN-1499 de Poxoréu (MT), que era conduzido pelo açougueiro José Antônio Benedito Soares da Silva, de 25 anos, e tinha como passageiros Diogo da Silva, de 42 anos, e Flávio Gonçalves Fagundes, de 24 anos.

Todas as cédulas eram de R$ 20,00 e foram compradas por R$ 1 mil em Ponta Porã. Segundo a PRF, com Silva foram encontrados apenas R$ 260,00, já Fagundes transportava R$ 6.440,00. Os três são moradores de Primavera do Leste (MT), para onde seguiam.

Além do dinheiro, a PRF também apreendeu no mesmo veículo várias caixas de anabolizantes, que também foram adquiridos na fronteira com o Paraguai. Os três foram presos em flagrante e serão encaminhados para Polícia Federal em Campo Grande.

Silva e Fagundes devem responder por moeda falsa e o motorista vai responder apenas por contrabando e descaminho, pois com ele não foi encontrado cédulas falsas. No carro também estava a esposa do motorista, que foi liberada e não teve o nome informado.

Denúncia – A PRF chegou até o trio depois que recebeu a denúncia da Polícia Militar, que foi acionada por comerciantes da Feira do Produtor, em Coxim. Os ocupantes tentaram comprar mercadorias no local, levantando a desconfiança dos comerciantes.

Assim que deixaram a Feira do Produtor, um dos comerciantes acionou a polícia e passou a placa do carro, que seguiu sentido a BR-163. A PRF foi avisada e parou o veículo no posto de Coxim.

Veja também

A página foi criada para dar mais transparência sobre publicidade eleitoral exibida por meio de todas as plataformas da empresa

Últimas notícias