Geral

Presidiários cavam túnel para tentar fuga em massa na Penitenciária de Dourados

De acordo com o diretor da instituição, por volta das 17 horas, quando policiais adentraram aos pavilhões para realizar uma blitz, descobriram um túnel com dois metros e quarenta centímetros de extensão, ligando várias celas

Arquivo Publicado em 14/05/2011, às 23h07

None

De acordo com o diretor da instituição, por volta das 17 horas, quando policiais adentraram aos pavilhões para realizar uma blitz, descobriram um túnel com dois metros e quarenta centímetros de extensão, ligando várias celas

Uma tentativa de fuga em massa na penitenciária de segurança máxima Harry Amorim Costa (Phac) foi detectada na noite deste sábado (14), durante uma blitz de rotina que acontece no interior do presídio, onde mais de 1.250 internos cumprem penas. Os presos das celas oito, nove e 10 e da cela 20, que fica em cima da oito, estavam perfurando um túnel.

De acordo com o diretor da Phac, Joel Rodrigues Ferreira, por volta das 17 horas, quando policiais adentraram aos pavilhões para realizar uma blitz, descobriram um túnel com dois metros e quarenta centímetros de extensão, ligando as celas 8, 9 e 10 do raio 2 e ainda uma perfuração do teto da cela 8, ligando com a cela 20.

Os 32 presos que ocupavam essas celas foram imediatamente isolados e a polícia agora realiza uma varredura completa no interior da penitenciária para prevenir eventuais surpresas que possam estar sendo preparadas pelos internos.

Jornal Midiamax